Topo

Palmeiras

Prass é herói de novo no Palmeiras enquanto rivais "sofrem" com goleiros

Siga o UOL Esporte no

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

2019-03-25T04:00:00

25/03/2019 04h00

O palmeirense se vangloria por sempre ter goleiros de alto nível, e o elenco atual é uma prova quase inequívoca de que o torcedor tem sua razão. A ida de Weverton à seleção brasileira deu palco para Fernando Prass assumir a posição e brilhar mais uma vez: ele defendeu seu 14º pênalti pelo Alviverde no sábado (22) e deu orgulho ao torcedor, enquanto os rivais têm "sofrido" com seus goleiros.

Prass salvou o Palmeiras no empate por 1 a 1 contra o Novorizontino, há dois dias. O time do interior vencia o jogo quando Antônio Carlos cometeu pênalti por toque de mão, em lance revisto pela arbitragem no VAR. Ter dois gols de desvantagem naquele momento poderia complicar bastante a vida alviverde, mas Fernando Prass não permitiu tal desfecho: pulou no seu canto direito e espalmou a cobrança de Murilo.

"Pênalti tem de tudo: estudo do batedor, feeling do momento... E ali o que tentei fazer foi esperar o máximo pela definição dele. Eu sabia que ele dava aquela parada antes de chegar na bola, mas não tinha noção do canto. Tentei esperar para que ele não pudesse me ver deslocando para o canto", explica o goleiro, que exalta a importância da defesa. "Conseguir fazer uma defesa naquele momento é como se fosse um gol. Momento importante, com todas as atenções, e é sempre bom poder ajudar de forma efetiva."

No mesmo final de semana, o torcedor palmeirense pôde ver o rival Walter não passar a mesma confiança de Cássio, que se lesionou durante o empate por 1 a 1 entre Corinthians e Ferroviária. O reserva "aceitou" chute de muito longe e sofreu um gol que parte da torcida considerou defensável.

o jogo entre São Paulo e Ituano, Tiago Volpi fez ótima defesa em um minuto e no seguinte falhou em cobrança de escanteio e permitiu, na pequena área, que Morato diminuísse o placar para 2 a 1 e renovasse as esperanças do time do interior.

Já em Santos 2 x 0 Red Bull, Vanderlei teve mais sorte do que juízo e só não engoliu um frangaço porque a bola bateu na trave após fugir de seus braços. Ele está ameaçado na disputa com Everson e é cobrado de perto para evoluir no jogo com os pés.

Fernando Prass, enquanto isso, desfruta das benesses de um ídolo palmeirense. Ele inclusive foi confirmado por Luiz Felipe Scolari como o titular do Palmeiras no jogo de amanhã, no reencontro com o Novorizontino nas quartas de final do Campeonato Paulista. A partir das 21 horas (de Brasília), quem vencer no Pacaembu se classifica às semifinais.

Reveja a defesa de pênalti de Prass contra o Novorizontino:

Gols UOL Esporte
Errata: o texto foi atualizado
Diferente do informado anteriormente nesta notícia, Palmeiras x Novorizontino será realizado no Pacaembu, e não no Allianz Parque
ESPN e Ei PLus

Assista a todos os jogos e programas de ESPN e El Plus sem TV a cabo.