Topo

Esporte


Lewis Hamilton critica racismo contra jogadores ingleses em Montenegro

Action Images via Reuters/Carl Recine
Imagem: Action Images via Reuters/Carl Recine

Do UOL, em São Paulo

2019-03-26T12:31:34

26/03/2019 12h31

A Inglaterra enfrentou Montenegro ontem, pelas eliminatórias da Euro-2020, e venceu por 5 a 1. Lewis Hamilton ficou orgulhoso da seleção inglesa, mas revoltado com o racismo do time rival.

Danny Rose, Raheem Sterling e Callum Hudson-Odoi, todos jogadores da seleção inglesa, foram os principais alvos de ofensas racistas vindas da torcida adversária. O jogo foi em Podgorica, capital de Montenegro.

Hamilton reclamou da atitude dos montenegrinos. Em sua conta no Instagram, o piloto da Mercedes na Fórmula 1 parabenizou seu time e expôs sua posição sobre o ocorrido.

"Parabéns à Inglaterra no 5 a 1 na vitória contra Montenegro, ontem à noite. Vocês nos deixaram orgulhosos. E o que vocês enfrentaram foi desprezível. Completamente inaceitável, não há espaço para isso em nenhum esporte", registrou.

Nos comentários da publicação, os seguidores de Hamilton concordaram com seu ponto de vista e pediram para que a Uefa tome medidas para esse tipo de situação.

Mais Esporte