Topo

Cruzeiro joga para o gasto e vence Lara com gols de Rodriguinho e Jadson

Rodriguinho comemora após marcar pelo Cruzeiro contra o Deportivo Lara - Yuri Edmundo/EFE
Rodriguinho comemora após marcar pelo Cruzeiro contra o Deportivo Lara Imagem: Yuri Edmundo/EFE

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

27/03/2019 23h23

O Cruzeiro venceu o Deportivo Lara, da Venezuela, na noite de hoje, por 2 a 0, pela segunda rodada do Grupo B da Copa Libertadores da América. Rodriguinho e Jadson fizeram os únicos gols da partida disputada no Mineirão.

Com o resultado, a Raposa é a líder isolada da chave, com seis pontos, 100% de aproveitamento, em duas rodadas. Os venezuelanos ocupam a lanterna, com apenas um ponto, mesmo número do Huracán, terceiro.

O próximo compromisso do Cruzeiro na Libertadores será diante do Emelec, do Equador, em 3 de abril, às 21h30 (de Brasília). Antes disso, o time atuará contra o América-MG, domingo (31), no Independência, pela semifinal do Campeonato Mineiro.

O melhor: Rodriguinho brilha e é decisivo contra time venezuelano

Rodriguinho marcou seu segundo gol na Libertadores em seu segundo confronto com as cores do Cruzeiro. Antes disso, ele havia disputado 12 partidas, 11 com o Corinthians e uma com o Grêmio, sem balançar as redes em nenhuma oportunidade.

Não foi só o gol que transformou o meia-atacante em um nome crucial para a vitória da Raposa. Ele ainda deu passes importantes, sobretudo para Marquinhos Gabriel, pelo lado esquerdo do ataque, para criação de jogadas. Em um deles, o árbitro da partida se equivocou e marcou impedimento inexistente do ponta esquerda.

O pior: Anzola sofre com trio do Cruzeiro e é destaque negativo

O lateral sofreu com as triangulações de Fred, Marquinhos Gabriel e Rodriguinho pelo lado esquerdo do ataque do Cruzeiro. Sem reação, o defensor viu o trio cruzeirense criar boas chances e levar muito perigo à meta de Carlos Salazar.

Fred dá terceira assistência para gols em 2019

Com mais sequência depois da grave lesão que teve em 2018, Fred voltou a dar passes para gols dos companheiros no ano. Foram dois do camisa 9 cruzeirense. No jogo desta noite, ele ajeitou de cabeça para Rodriguinho invadir a área adversária e estufar a rede de Carlos Salazar. No fim da partida, ele deixou Jadson em ótima condição de marcar o segundo da equipe mineira. Antes disso, o centroavante foi o responsável pelo toque para Marquinhos Gabriel marcar o quarto da Raposa na goleada por 5 a 0 sobre o Patrocinense, pelas quartas de final do Campeonato Mineiro.

Jádson faz o primeiro pelo Cruzeiro

Colocado na vaga de Rodriguinho na noite de hoje, no segundo tempo, Jádson fez o primeiro gol desde a mudança para Belo Horizonte. O volante aproveitou toque de Fred na entrada da área e bateu de canhota para estufar a rede de Carlos Salazar.

Marquinhos Gabriel ressurge no Cruzeiro e brilha no lugar de Arrascaeta

A torcida do Cruzeiro se chateou pela forma como Arrascaeta deixou o clube no início do ano para defender o Flamengo. Porém, não há saudade na Toca da Raposa II. Pelo contrário. Os apaixonados pelo clube veem Marquinhos Gabriel em ótima fase. Pelo lado esquerdo do gramado, o camisa 20 cria boas chances para o time de Belo Horizonte.

Assistente falha em lance que seria o gol do Cruzeiro

Em uma ótima trama do ataque do Cruzeiro, Rodriguinho acionou Marquinhos Gabriel na ponta esquerda. O camisa 20 chegou à linha de fundo e cruzou para Fred estufar a rede. O assistente Claudio Urrutia assinalou impedimento de Marquinhos Gabriel. O lance causou irritação com razão, pois o atacante estava em posição legal na jogada.

Suspenso, Mano Menezes assiste à partida de camarote do Mineirão

Mano Menezes recebeu cartão vermelho na primeira rodada do Grupo B da Copa Libertadores, quando o Cruzeiro venceu o Huracán por 1 a 0 na Argentina. Na ocasião, ele foi expulso por se queixar da demora para a autorização de uma substituição de sua equipe. Impedido de ficar no banco de reservas, o técnico permaneceu em um camarote do estádio com um celular em mãos.

Ficha técnica
Cruzeiro 2 x 0 Deportivo Lara

Motivo: 2ª rodada do Grupo B da Copa Libertadores da América
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 27 de março de 2019 (quarta-feira)
Horário: às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Piero Maza (Chile)
Assistentes: Jose Retamal (Chile) e Claudio Urrutia (Chile)

Cartão amarelo: Dedé (Cruzeiro); Giacomo Di Giorgi, Marcos Miers, Manzano (Deportivo Lara)

Gol: Rodriguinho - 7'/1ºT (1-0); Jadson - 49'/2ºT (2-0)

Cruzeiro
Fábio; Edílson, Dedé, Léo e Egídio; Lucas Romero, Henrique, Robinho (Rafinha), Rodriguinho (Jadson) e Marquinhos Gabriel (David); Fred.
Técnico: Sidnei Lobo (auxiliar).

Deportivo Lara
Carlos Salazar; Ignacio Anzola, Marcos Miers, Giácomo Di Giorgi e Leonardo Aponte; Jorge Yriarte, Bernaldo Manzano, Jefre Vargas, David Centeno (Castellanos) e Gonzalo Di Renzo (Freddy Vargas); Lorenzo Frutos (Johan Arrieche).
Técnico: Leo González.