Topo

Flu não sai do zero com o Luverdense em jogo sonolento pela Copa do Brasil

Paulo Henrique Ganso durante partida do Fluminense contra o Luverdense  - EUCLIDES OLTRAMARI JR /FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Paulo Henrique Ganso durante partida do Fluminense contra o Luverdense Imagem: EUCLIDES OLTRAMARI JR /FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, no Rio de Janeiro

03/04/2019 21h04

Faltou inspiração, vontade, talento, capricho, entre outros tantos fatores em Lucas do Rio Verde (MT). Em jogo sonolento, o Fluminense empatou em 0 a 0 com o Luverdense, hoje à noite, pela terceira fase da Copa do Brasil.

As equipes realizam a partida de volta na próxima terça-feira (9), no Maracanã, e não há vantagem de gol fora. Ou seja, em caso de empate por qualquer placar, a decisão irá para os pênaltis.

Antes do duelo, porém, o Tricolor tem o importante clássico com o Flamengo, neste sábado (6), pelas semifinais do Campeonato Carioca, onde precisa vencer, já que a vantagem do empate é do Rubro-Negro.

Flu chegou mais em bolas aéreas

Com dificuldades de penetrar na defesa do Luverdense, o Fluminense chegou mais perto do gol tentando as jogadas de bolas aéreas. Mesmo assim, nenhuma levou grande perigo.

Lucão perde grande chance

Aos 36 minutos do segundo tempo, Lucão teve grande chance de abrir o marcado após bate e rebate com a zaga onde a bola sobrou livre para o jogador do Luverdense, que pegou mal na bola e chutou para fora.

Everaldo faz um salseiro

No início do segundo tempo, o ensaboado Everaldo promoveu um verdadeiro salseiro no Luverdense, dando um chapeu e um corte seco nos zagueiros adversários sendo parado com falta.

Ganso é a grande atração

O meia Paulo Henrique Ganso fez sua viagem mais longa pelo Fluminense até aqui e foi a grande atração da partida em Lucas do Rio Verde (MT). Mesmo muito marcado, o camisa 10 tentou articular as jogadas da equipe e buscou enfiadas e passes em profundidade. Sobrou tempo para dar um chapéu no adversário.

O melhor - Matheus Ferraz

Se os homens de frente estavam sonolentos, o mesmo não se pode dizer do zagueiro Matheus Ferraz, que atuando com muita seriedade, fez seu papel na defesa.

O pior - Yony Gonzalez

O colombiano foi peça nula em campo e, pouco inspirado, não ameaçou o Luverdense, sendo substituído no segundo tempo pelo jovem João Pedro.

Bandinha anima a arquibancada

Uma animada banda presente na torcida do Luverdense animou a torcida durante todo o jogo. Rolou até musica do "É o Tchan".

Jogadores do Flu reclamam de longa viagem

Os jogadores do Fluminense destacaram a cansativa viagem até Lucas do Rio Verde (MT) antes do jogo.

"É diferente. Cansativa a viagem, muito longa. Mas já estamos acostumados no futebol. Agora é entrar em campo focado para fazer uma bela partida. E só depois começar a pensar no jogo do sábado", disse o atacante Everaldo ao Sportv.

Elenco é festejado pelo povo de Mato Grosso na saída de hotel

Flu anunciou reforço antes do jogo

Pouco antes de a bola rolar, o Fluminense anunciou a contratação por empréstimo do atacante Ewandro, de 23 anos, que pertence a Udinese (ITA) e foi revelado pelo São Paulo.

LUVERDENSE-MT 0 X 0 FLUMINENSE

Data e hora: 03/04/2019, quarta-feira, às 19h15 (horário de Brasília)
Local: Passo das Emas, Lucas do Rio Verde (MT)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Auxiliares: Vinicius Melo de Lima e Flavio Gomes Barroca (RN)
Cartões amarelos: Helder Maciel (LUV); Matheus Ferraz, Nino, Bruno Silva, Caio Henrique (FLU)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols:

Luverdense
Edson; Da Silva, Helder Maciel, Lucão, Jefeson Recife; Moises, Kauê (Junior Lemos), Lorran (Lineker); Lucas Braga, Igor e Wilson Junior
Técnico: Junior Rocha

Fluminense
Rodolfo; Gilberto, Matheus Ferraz, Nino e Ezequiel (Dodi); Caio Henrique, Bruno Silva e Ganso; Everaldo, Luciano e Yony González (João Pedro)
Técnico: Fernando Diniz