Topo

Futebol


Kieza perde gol incrível, Botafogo só empata com Juventude e se complica

Botafogo só empatou com o Juventude e se complicou na Copa do Brasil -
Botafogo só empatou com o Juventude e se complicou na Copa do Brasil

Do UOL, no Rio de Janeiro

04/04/2019 23h28

O Botafogo reagiu, mas não conseguiu a virada sobre o Juventude, que segurou e comemorou muito o empate por 1 a 1 hoje, no Nilton Santos. Paulo Sérgio abriu o placar e Erik fechou o placar.

A partida ficou marcada pelo incrível gol perdido por Kieza já nos acréscimos. Ele recebeu passe de Luiz Fernando e, sem goleiro, mandou para fora. O Alvinegro foi melhor durante toda a partida, mas não conseguiu furar a retranca do Juventude que se fechou completamente após marcar seu gol na partida.

O resultado é ruim para o Botafogo que não poderá perder na partida de volta, em Caxias do Sul (RS) na próxima quinta-feira no Alfredo Jaconi. Em caso de novo empate, a vaga será definida nos pênaltis. Quem vencer no tempo normal, se classifica.

O melhor: Dener

Camisa 10 do Juventude teve grande atuação. Além de mostrar qualidade com a bola nos pés também teve grande papel na marcação. Além dele, o goleiro Marcelo Carné também fechou o gol e fez várias defesas que impediram a derrota.

O pior: Kieza

Centroavante perdeu a posição para Diego Souza, mas segue irritando a torcida. Nesta quinta, perdeu gol incrível e carregará o peso do empate mesmo sem ser o único culpado.

Ex-Fla cala Nilton Santos e provoca Botafogo

O jogo começou muito pegado no meio de campo e o Botafogo não conseguiu fazer a pressão inicial por jogar em casa. Pior. Na afobação, viu o Juventude encaixar um contra-ataque e abrir o placar em jogada de escanteio. Paulo Sérgio aproveitou falha coletiva e chutou no canto direito de Gatito Fernández. Formado nas categorias de base do Flamengo, ele provocou o Alvinegro com gesto do chororô.

Botafogo faz pressão

Em desvantagem, o Botafogo passou a trocar passes e forçar uma chegada na grande área. Algumas boas jogadas ocorreram e os donos da casa ganharam confiança na partida. Erik chutou prensado e viu a bola sobrar para Marcinho, que cruzou da direita. A zaga afastou mal e João Paulo emendou de primeira para grande defesa de Marcelo Carné.

Confusão e expulsão

Quando o Botafogo parecia tomar as rédeas da partida, uma grande confusão mudou o panorama. Paulo Sérgio, o mesmo que provocou o Alvinegro, se desentendeu com João Paulo. Os dois trocaram agressões e receberam o cartão vermelho. O técnico Zé Ricardo não mexeu na equipe e apenas ajustou o posicionamento

Juventude 'desiste' de jogar

Após a expulsão, o Juventude praticamente desistiu de jogar. Assim que roubava a bola do Botafogo, chutava o mais forte que conseguia e devolvia a bola para os donos da casa. O Alvinegro, então, deu início a um ataque contra defesa e só não chegou ao empate porque Marcelo Carné teve atuação espetacular. A principal defesa ocorreu em chute à queima-roupa de Gabriel.

Dominante, Botafogo empata com Erik

O segundo tempo começou da mesma forma que o primeiro terminou. O Botafogo buscava o ataque enquanto o Juventude apenas se defendia. O Alvinegro precisou de poucos minutos para furar a retranca e arrancar o empate. Gabriel chamou a responsabilidade também na armação das jogadas e tocou para Jonathan que abriu as pernas e deixou na medida para Erik. O atacante sofreu pênalti e converteu com categoria: 1 a 1.

Pimpão supera vaias e fica no quase

Vaiado no primeiro tempo, voltou diferente para o segundo tempo. Mais agudo, ele caiu bem pelas pontas e quase conseguiu a virada em duas oportunidades. Primeiro recebeu pela direita e chutou para gol ao ver que não tinha ninguém na área. A bola passou perto da trave de Marcelo Carné. Logo em seguida, o atante puxou contra-ataque e novamente mandou para boa defesa do goleiro do Juventude.

Botafogo pressiona, mas fica no empate

O Botafogo jogou o suficiente para conseguir a virada. A má pontaria e a boa atuação de Marcelo Carné, no entanto, foram decisivas para o empate. Kieza, que entrou no segundo tempo, perdeu gol feito já nos acréscimos ao mandar para fora já sem goleiro.

BOTAFOGO 1 X 1 JUVENTUDE

Data e hora: 04/01/2019, às 21h30 (de Brasília)
Local: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Alex Ang Ribeiro e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

Cartões amarelo: Jonathan (BOT) Rafael Jataí (JUV)
Cartões vermelho: João Paulo (BOT) Paulo Sérgio (JUV)
Gols: Paulo Sérgio, aos 19min do primeiro tempo; Erik, aos 5min do segundo tempo

Botafogo
Gatito Fernández; Marcinho (Luiz Fernando), Marcelo Benevenuto (Bochecha), Gabriel e Jonathan; Alex Santana, Cícero, João Paulo e Rodrigo Pimpão (Kieza); Erik e Diego Souza.
Técnico: Zé Ricardo

Juventude
Marcelo Carné; Vidal, Genílson, Sidimar e Eltinho; Rafael Jataí; Denner, Moisés, Lennon e Dalberto; Paulo Sérgio.
Técnico: Marquinhos Santos

Mais Futebol