Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Carille diz que Ralf tem crédito para errar e rejeita bronca após derrota

Siga o UOL Esporte no

Flávio Latif e Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

04/04/2019 00h12

O técnico Fábio Carille rejeitou a famosa bronca de vestiário no volante Ralf após a derrota do Corinthians para o Ceará por 1 a 0, hoje, em Itaquera, em duelo que classificou o Timão para a quarta fase da Copa do Brasil - por conta da vitória por 3 a 1 no jogo de ida.

O treinador alega que o ídolo corintiano, que já passou dos 400 jogos pelo clube, tem crédito para errar e por isso não haverá conversa sobre a bola que foi recuada de forma equivocada e provocou a expulsão de Cássio aos 17 minutos do segundo tempo. O goleiro foi obrigado a fazer uma defesa com as mãos fora da área em chute de Ricardo Bueno após o equívoco de seu companheiro.

"Não (bronca), eu trabalho com jogadores inteligentes, ele sabem que não podem recuar bolas desta forma e não precisa falar nada. Erro é do ser humano, eu erro em escalação, substituição, não tem nada que falar. Ele (Ralf) tem muito crédito", afirmou Carille.

Os jogos da quarta fase da Copa do Brasil serão nos dias 17 e 24 de abril. Os duelos serão definidos por sorteio, que deve acontecer na sexta-feira da semana que vem, no dia 12.

O Corinthians volta a campo na próxima segunda-feira (8), pela partida de volta das quartas de final do Campeonato Paulista contra o Santos, no estádio do Pacaembu, às 20h (horário de Brasília). A equipe do Parque São Jorge venceu a partida de ida, na Arena, por 2 a 1 e com um empate garante a classificação para a próxima fase.