Topo

Athletico

Athletico jogará duas partidas em pouco mais de 24h. E concordou com isso

EFE/Hedeson Alves
Athletico de Marco Ruben entra em campo nesta terça-feira pela Libertadores Imagem: EFE/Hedeson Alves

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

2019-04-09T04:00:00

09/04/2019 04h00

O Athletico Paranaense disputará, no meio desta semana, duas partidas em um intervalo de pouco mais de 24 horas. A primeira delas acontece hoje, a partir das 19h15, contra o Tolima, pelo grupo G da Copa Libertadores. A segunda é amanhã, às 21h30, diante do Coritiba, em decisão do segundo turno do Campeonato Paranaense. Ambas serão na Arena da Baixada.

Serão 26h15m entre os apitos iniciais dos jogos, o que, teoricamente, não é permitido de acordo com o art. 25 do Regulamento Geral de Competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF): "Os clubes e atletas profissionais não poderão, como regra geral, disputar partida em competições sem observar o intervalo mínimo de sessenta e seis (66) horas".

A regra das 66 horas foi estabelecida no fim de 2017 após um acordo entre a confederação e a Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf).

Em seu regulamento, a CBF manteve o parágrafo que lhe permite exceções às regras do intervalo mínimo. O texto diz que, em casos excepcionais, a Diretoria de Competições poderá permitir partidas em jogos com intervalo menor desde que com autorização médica.

Procurada pelo UOL Esporte, a CBF não respondeu às perguntas da reportagem sobre a abrangência do RGC da CBF. Ou seja: se a entidade nacional pode interferir na questão.

A Federação Paranaense de Futebol (FPF), por sua vez, alega que a data da decisão do segundo turno (quarta-feira) foi homologada com aval do Athletico Paranaense, que não vê problemas quanto ao intervalo por estar utilizando duas equipes diferentes nas competições.

Enquanto Rafael Guanaes comanda o time de aspirantes do Athletico Paranaense, classificado para a decisão do segundo tuno do Estadual, Tiago Nunes é o técnico da equipe principal, que desde o começo do ano só atua na Libertadores e ocupa a liderança de seu grupo, com seis pontos em três jogos.

Também procurado pela reportagem, o Athletico não se posicionou sobre o curto intervalo entre as partidas e nem informou se relacionará algum jogador para os dois confrontos.