Topo

Diego Souza se mostra decisivo, mas sofre com fase do Botafogo após um mês

Diego Souza fez dois bons jogos, mas sofreu com a fase do time nos duelos seguintes - Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Diego Souza fez dois bons jogos, mas sofreu com a fase do time nos duelos seguintes Imagem: Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

10/04/2019 04h00

Diego Souza completou um mês com a camisa do Botafogo. Logo nos dois primeiros jogos, o camisa 7 mostrou ser decisivo ao marcar um gol e dar assistência. Porém, a fase do time não está nada boa e o fraco desempenho do time tem influenciado nas atuações do novo centroavante do Alvinegro.

Um total de quatro jogos é o que o jogador teve pelo Botafogo. Os dois primeiros foram acima da expectativa e mostrou que o entrosamento não demoraria a chegar. O problema é que o time entrou em crise e as partidas seguintes foram mais difíceis que o esperado.

Mesmo assim com atuação apagada contra o Juventude, por exemplo, Diego Souza participou da jogada mais comentada da noite: o gol perdido por Kieza. Foi justamente uma tabela entre o camisa 7 e Luiz Fernando que fez a bola chegar sem goleiro para o centroavante reserva desperdiçar de maneira incrível.

Apesar do cenário, o fato é que o Botafogo ainda vê o período como de adaptação para Diego Souza. O jogador tem feito sua parte e buscado se inserir no grupo mesmo com pouco tempo de casa. Não é raro vê-lo em encontro de casais do elenco e até mesmo em uma corrida de kart.

Dentro de campo, Diego Souza também paga a conta de ter ficado alguns jogos apenas no banco de reservas no São Paulo. Portanto, o jogador ainda busca o melhor ritmo de jogo, para refinar sua técnica.

"Diego Souza tem a possibilidade de jogar em mais de uma posição. Estamos explorando isso, jogador inteligente que impõe respeito. Queremos potencializá-lo. Colocar ele no menor tempo possível em forma. Sequência de jogos no Carioca e os treinos acreditamos que demos um passo. Posicionamento é o dos últimos jogos, mas temos estimulado variações com ele e com os outros jogadores", disse Zé Ricardo.

Após o empate por 1 a 1 no primeiro jogo, o Botafogo não poderá perder no duelo de volta nesta quinta-feira em Caxias de Sul (RS), no Alfredo Jaconi. Em caso de novo empate, a vaga será definida nos pênaltis. Quem vencer, fica com a classificação para a quarta fase da Copa do Brasil.