Topo

Flu supera temporal, vence Luverdense e se classifica na Copa do Brasil

Fluminense superou tempestade e a Luverdense no Maracanã para avançar na Copa do Brasil - Thiago Ribeiro/AGIF
Fluminense superou tempestade e a Luverdense no Maracanã para avançar na Copa do Brasil Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Do UOL, no Rio de Janeiro

10/04/2019 21h06

Com o forte temporal que caiu no Rio de Janeiro, não demorou para o campo do Maracanã ficar repleto de poças durante todo o primeiro tempo. Apenas mais um desafio superado pelo Fluminense nesta quarta-feira, que venceu o Luverdense por 2 a 0 e se classificou para a quarta fase da Copa do Brasil - o primeiro jogo, em Lucas do Rio Verde, foi 0 a 0 na semana passada.

Classificado, o Fluminense agora precisa aguardar a conclusão da terceira rodada da competição para saber quem será seu adversário na próxima fase. Haverá um sorteio nesta sexta-feira, na CBF (Confederação Brasileira de Futebol) para definir os duelos e os mandantes do estágio que dá uma vaga nas oitavas de final.

Após um primeiro tempo de pouquíssimo futebol o Fluminense voltou diferente para o segundo tempo e conseguiu jogar à sua maneira e criar boas jogadas. Yoniy González marcou em passe de Everaldo, que teve grande atuação quando passou a poder conduzir a bola em campo. No fim, Luciano definiu o duelo.

O melhor: Allan

Volante teve boa atuação no segundo tempo, quando as poças permitiram que o futebol fosse praticado. Bem na distribuição de jogos. chamou a responsabilidade. Deu bela assistência para Luciano.

O pior: Gilberto

Não que tenha feito uma partida ruim, mas o lateral direito pode jogar muito mais do que apresentou. Pouco inspirado nesta noite, ele não contribuiu com o Fluminense como em outros jogos.

Homenagem à Júlia

O Fluminense realizou um minuto de silêncio em homenagem a Júlia Neves Ache, 6 anos, e que morreu soterrada em um taxi ao lado da avó por conta do temporal que assolou o Rio de Janeiro na última segunda. Após o silêncio, a torcida tricolor gritou o nome dela no Maracanã.

Flu mal

O Fluminense iniciou a partida e mostrava muita dificuldade para criar jogadas. Time de toque de bola, o tricolor não conseguia fazer isso por conta da forte marcação da Luverdense. Até os 20min do primeiro tempo, os donos da casa sequer haviam oferecido algum perigo ao goleiro Edson.

Temporal 'acaba' com o jogo

O jogo já era ruim ficou ainda pior a partir dos 20min, quando um temporal voltou a assolar o Rio de Janeiro. Em poucos minutos o campo se transformou em um coletivo de poças que prejudicavam a prática do futebol. A chuva só deu uma trégua nos minutos finais, dando expectativa de um segundo tempo em melhores condições.

Chuva dá trégua, e Flu abre placar

Na volta do intervalo, os jogadores encontraram um campo completamente diferente do primeiro tempo. Apesar da forte chuva, a drenagem do campo funcionou bem e as poças já haviam sumido. Melhor para o Fluminense que precisou de apenas 3min para abrir o placar. Everaldo conduziu bola e cruzou na medida para yony González abrir o placar

Flu quase não cria, mas define vitória

Após o gol, o Fluminense ficou em ciam do Luverdense. Com toque de bola pouco produtivo, o time de Fernando Diniz não conseguiu criar boas oportunidades para ampliar. Verdade seja dita, o Luverdense fazia ainda menos. Melhor para o Tricolor, que viu Allan dar belíssimo passe para Luciano fazer o segundo e definir a vaga.

FLUMINENSE 2 X 0 LUVERDENSE

Data e hora: 10/04/2019, ás 19h15 (de Brasília)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Rodrigo D'alsonso Ferreira (SC)
Auxiliares: Helton Nunes e Alex dos Santos (SC)
Cartões amarelo: Da Silva (LUV) Bruno Silva (FLU)
Gols: Yony González, aos 3min, Luciano, aos 37min do segundo tempo;

Fluminense
Rodolfo; Gilberto, Nino, Matheus Ferraz e Caio Henrique; Allan, Bruno Silva e Ganso (Dodi); Everaldo (Matheus Gonçalves), Yony González e Luciano
Técnico: Fernando Diniz

Luverdense
Edson; Da Silva, Helder, Lucão, Jefferson Recife (Samuel); Moises, Kauê, Lorran (Junuior Lemos); Lucas Braga, Leandro e Wilson Junior (Dionathan Abu)
Técnico: Junior Rocha