Topo

Paulista - 2019


Paulistão teve apenas dois campeões como visitantes após empate no 1º jogo

Siga o UOL Esporte no

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

2019-04-15T12:00:00

15/04/2019 12h00

O retrospecto das finais do Campeonato Paulista mostra que o São Paulo terá uma tarefa complicada no próximo domingo (21), depois de empatar sem gols com o Corinthians na primeira partida da final. Apenas duas edições do Estadual tiveram campeões como visitantes após igualdade no jogo de ida.

Em 117 anos de história, o Paulistão teve 38 edições com finais em melhor de duas ou três partidas. Nove delas começaram com empate no primeiro duelo. Apenas Inter de Limeira e Corinthians conseguiram erguer a taça no campo do adversário no jogo derradeiro - Palmeiras, em 1986, e Guarani, em 1988, foram derrotados, respectivamente.

Os mandantes, por sua vez, foram campeões em quatro oportunidades: 1981 (São Paulo), 1990 (Bragantino), 2011 e 2016 (Santos). O Palmeiras conseguiu dois títulos sob o mesmo roteiro, com empate no primeiro jogo, mas garantiu o título em campo misto (em 1959 e 1974). O Corinthians fez o mesmo em 1995, diante dos palmeirenses, em Ribeirão Preto.

Em 1986, o Palmeiras empatou sem gols com a Inter de Limeira na primeira final, no Morumbi. Na partida de volta, o time do interior voltou ao estádio e fez 2 a 1 no time alviverde. Dois anos depois, o Guarani arrancou um empate por 1 a 1 no mesmo Morumbi contra o Corinthians, mas viu o adversário fazer 1 a 0 em Campinas - gol de Viola, na prorrogação.

Na edição de 1981, São Paulo e Ponte Preta ficaram no 1 a 1 no Morumbi na abertura da final. Depois, os são-paulinos venceram por 2 a 0, novamente em seu estádio. Nove anos depois, na final caipira de 1990, Bragantino e Novorizontino empataram os dois jogos por 1 a 1, mas o time de Bragança Paulista, que decidiu o título em casa, sagrou-se campeão por ter melhor campanha.

Recentemente, o Santos conquistou dois títulos de forma parecida: empate fora de casa e vitória na Vila Belmiro. Em 2011, o Corinthians foi a vítima depois de um 0 a 0 no Pacaembu e uma vitória do rival por 2 a 1 na Baixada. Em 2016, os santistas arrancaram um empate por 1 a 1 com o Audax em Osasco e obtiveram um triunfo por 1 a 0 em casa.

Dois títulos do Palmeiras foram conquistados depois de empates com Santos, em 1959, e Corinthians, em 1974. Há 60 anos, o Paulista foi decidido em três jogos disputados no Pacaembu - os dois primeiros terminaram empatados. Na última partida, os palmeirenses venceram por 2 a 1. Dali a 15 anos, um empate por 1 a 1 marcou a primeira final. No último jogo, o time alviverde fez 1 a 0 nos corintianos - ambos duelos ocorreram no Morumbi.

O Corinthians deu o troco em 1995, após dois jogos disputados em Ribeirão Preto, no Estádio Santa Cruz. O primeiro jogo terminou 1 a 1. O segundo foi decidido na prorrogação. O time corintiano venceu por 2 a 1.

Em 24 edições do Paulista, o time que abriu a final com vitória conseguiu garantir o título em seguida. O campeonato teve apenas cinco viradas em sua história - a última aconteceu no ano passado, quando o Corinthians venceu o Palmeiras nos pênaltis.

Depois do empate sem gols no Morumbi ontem, Corinthians e São Paulo jogam por uma vitória simples para conquistar o título. Um novo empate leva a decisão para os pênaltis.

Finais de Paulista com empates no 1º jogo

1959: Palmeiras campeão contra o Santos no Pacaembu
1974: Palmeiras campeão contra o Corinthians no Morumbi
1981: São Paulo campeão contra a Ponte Preta no Morumbi
1986: Inter de Limeira campeã contra o Palmeiras no Morumbi
1988: Corinthians campeão contra o Guarani no Brinco de Ouro
1990: Bragantino campeão contra o Novorizontino em Bragança
1995: Corinthians campeão contra o Palmeiras em Ribeirão Preto
2011: Santos campeão contra o Corinthians na Vila Belmiro
2016: Santos campeão contra o Audax na Vila Belmiro