Topo

Manchester United


Capitão do United é alvo de insultos racistas após queda na Champions

Matthias Hangst/Getty Images
Ashley Young durante partida contra o Barça pela Liga dos Campeões Imagem: Matthias Hangst/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

2019-04-17T11:28:07

17/04/2019 11h28

Capitão do Manchester United, Ashley Young sofreu ataques racistas por parte dos próprios torcedores após a queda do clube inglês diante do Barcelona ontem (16), nas quartas de final da Liga dos Campeões.

Os insultos aconteceram logo após a derrota por 3 a 0 no Camp Nou. Nas redes sociais, principalmente no Twitter, torcedores elegeram o jogador como um dos principais culpados pelo resultado e usaram termos preconceituosos contra o atleta.

Em um comunicado, a "Kick it Out", entidade que se propõe a denunciar casos de racismo, cobrou uma atitude do Twitter em relação aos perfis que cometem ataques racistas.

"Outro jogador negro, desta vez Ashley Young, foi alvo de racismo nas redes sociais. Novamente, perguntamos ao Twitter a mesma questão: quando vocês vão levar a sério a ação de excluir a discriminação da plataforma?", criticou.

Questionado pelo site "Sportsmail", o Twitter se pronunciou e reforçou que não tolera qualquer tipo de abuso.

"Enquanto nós encorajamos as pessoas a se expressarem livremente no Twitter, nós não toleramos qualquer comportamento que cruze a linha do abuso ou conduta de ódio. Qualquer abuso, não importa quem seja a vítima, não tem espaço no Twitter", afirmou a plataforma por meio de um porta-voz.

Apesar de condenar a atitude, a rede social não informou qual atitude vai tomar em relação aos perfis que atacaram o jogador do United.

Mais Manchester United