Topo

Esporte


Ex-Flu, Wendel viaja sem autorização para ver Juve x Ajax e pode ser punido

Gualter Fatia/Getty Images
Imagem: Gualter Fatia/Getty Images

Marcus Alves

Colaboração para o UOL, de Lisboa (POR)

2019-04-17T07:53:51

17/04/2019 07h53

Em excelente fase no Sporting, o volante Wendel está no centro de controvérsia e corre o risco de ser punido em Portugal. Na última terça-feira, após o treino realizado pela manhã, o ex-jogador do Fluminense viajou, sem a autorização do clube, para acompanhar o confronto entre Juventus e Ajax, pelas quartas de finais da Liga dos Campeões, posou para foto ao lado do compatriota Douglas Costa e registrou o encontro nas redes sociais.

Com atividade previamente marcada para as 10h30 (horário local) desta quarta, pessoas ligadas ao Sporting confirmaram ao UOL Esporte que pretendem ouvi-lo a respeito antes de tomar uma decisão.

Segundo o regulamento disciplinar da equipe, os atletas são obrigados a pedir consentimento para se deslocarem para o exterior durante a temporada. Dentro do país, eles estão livres para fazer o que quiserem até as 23h.

O problema acontece a apenas dois dias da viagem para enfrentar o Nacional, na Ilha da Madeira, pela Liga Portuguesa, na próxima sexta. Mais do que isso, quando o volante de 21 anos vinha recuperando o seu futebol, com direito a golaço contra o Rio Ave em compromisso recente, dividindo os holofotes com o craque da equipe, Bruno Fernandes.

Reprodução
Capa do Record sobre situação de Wendel Imagem: Reprodução

A polêmica estampa a capa do jornal "Record" nesta manhã e tem destaque nacional.

Essa não é a primeira vez que Wendel se envolve em situações semelhantes. Ao se atrasar para retornar do enterro da avó em outubro, no Brasil, ele acabou sendo rebaixado para o time sub-23 naquela altura. A despeito de seu potencial, o extracampo é um dos fatores mais preocupa o Sporting e também pessoas do seu entorno.

Contratado em janeiro de 2018, a revelação de Xerém admitiu, em visita recente a escola, que enfrentou dificuldades em sua mudança de país. "Foi uma adaptação muito ruim. Depois de um ano, me adaptei e ficou tudo na paz", disse na ocasião. Ele chegou a ser procurado por empréstimo pelo Flamengo e São Paulo, entre outros, nos últimos meses.

O UOL Esporte entrou em contato com um de seus representantes, Frederico Moraes, mas não obteve retorno até o momento.

Mais Esporte