Topo

Futebol


Neymar pai se reúne com Receita Federal e Paulo Guedes em Brasília

Lucas Lima/UOL
Retrato de Neymar dos Santos, pai do jogador Neymar Imagem: Lucas Lima/UOL

José Edgar de Matos e Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

2019-04-17T17:29:00

17/04/2019 17h29

O pai de Neymar e gestor das empresas que cuidam da carreira do jogador se reuniu na tarde hoje com a Receita Federal e o ministro da Economia, Paulo Guedes, em Brasília. O encontro aconteceu por volta das 15h.

A reunião não estava planejada, tanto que acabou incluída na agenda oficial do ministro durante a tarde. De acordo com informações da Secretaria de Comunicação do Ministério da Economia, Neymar pai foi recebido por Paulo Guedes por volta das para tratar de "questões tributárias relativas a atividades esportivas."

De acordo com o estafe de Neymar e Neymar pai, a N&N Consultoria e a NR Sports, empresas de Neymar pai, foram ao encontro por estar na lista das 10 mil maiores contribuintes da Receita Federal do Brasil.

A NR Sports e a N&N consultoria, empresas de Neymar pai, faturam mais de R$ 100 milhões por ano. Em 2015 foram autuadas pela Receita, que chegou a cobrar R$ 188 milhões, alegando que os vencimentos recebidos por Neymar como direito de imagem de parceiros seriam, na verdade, salário.

A defesa das empresas no Carf, órgão da Receita para julgar processos, teve sucesso. O órgão considerou que as empresas de fato existiam, tinham estrutura grande e geriam contratos de imagem do atacante. A condenação acabou reduzida para R$ 8 milhões, referentes ao período que o jogador defendeu o Santos.

Mais Futebol