Topo

Santos

Sampaoli vê Rodrygo comprometido com o Santos e elogia Aguilar e Soteldo

Marcello Zambrana/AGIF
Jorge Sampaoli sorri durante partida entre Santos e Vasco Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

2019-04-17T22:12:51

17/04/2019 22h12

O Santos venceu o Vasco por 2 a 0 na noite de hoje, na Vila Belmiro, em jogo válido pela ida da quarta fase da Copa do Brasil. Os gols foram marcados por Jean Mota e Rodrygo, que voltou a ser titular do time nos últimos dois jogos.

O camisa 11 vinha ficando no banco de reservas e o argentino explicou que vinha pensando em fortalecer o grupo santista, já que Rodrygo está "com a vida resolvida" e vai embora para o Real Madrid (ESP) na metade do ano. No entanto, a mudança de comportamento do jovem nos últimos tempos mudaram a cabeça do treinador.

"É jovem, vai para um dos maiores clubes do mundo. Temos que animá-lo para dar tudo que pode até ficar no clube. Essa condição de quase não pertencer ao clube nos obriga a pensar nos que ficam. Temos que fortalecer os que ficam. Percebi que está muito compromissado, como se não fosse ser vendido. Isso me fez colocá-lo desde o início", explicou.

O treinador elogiou as atuações do zagueiro colombiano Felipe Aguilar e do atacante venezuelano Yeferson Soteldo. O defensor venceu praticamente todos os duelos contra o ataque do Vasco, enquanto o atacante deu a assistência para o gol de Rodrygo.

"É um pilar nosso. É um jogador ganha muitos duelos, muito valente, muito comprometido. Temos bons zagueiros, mas Felipe tem um plus que ganhou dentro de campo", exaltou.

"É um jogador jovem, que seguimos da La U. 21 anos, precisa melhorar algumas condições no terço final. Nos dá desequilíbrio e verticalidade, muito comprometido com a camisa. Espero muito mais como treinador, me empolga ver um Soteldo com essa verticalidade e com chances de gol. Vai por um bom caminho", completou sobre o ponta.

Com a vantagem de 2 a 0, o Santos enfrenta o Vasco na próxima quarta-feira, em São Januário, podendo perder por até um gol de diferença que ainda estará classificado para a próxima fase do torneio nacional.