Topo

Zagueiro do Liverpool "assombra" a Europa e não é driblado há mais de 1 ano

Van Dijk é um dos destaques do clube inglês na temporada  - Carl Recine/Reuters
Van Dijk é um dos destaques do clube inglês na temporada Imagem: Carl Recine/Reuters

Patrick Mesquita

do UOL, em São Paulo

17/04/2019 04h00

Você já imaginou o zagueiro do seu time ficar sem tomar um drible sequer por mais de um ano? Pois isso é a mais pura realidade para o torcedor do Liverpool. Aclamado pela crítica e idolatrado nas arquibancadas do Anfield Road, o holandês Virgil Van Dijk está há mais de 365 dias sem cair em qualquer finta atuando pelo clube inglês.

De acordo com estatísticas do site "Who Scored" e da "Sky Sports", o camisa 4 dos "Reds" não é driblado desde o dia 3 de março de 2018, somando Campeonato Inglês e Liga dos Campeões. O último jogador que passou por ele foi Mikel Merino, que estava no Newcastle e hoje defende a Real Sociedad.

Para ter uma ideia mais clara sobre como o número é respeitável, o zagueiro tem um desempenho melhor do que Sadio Mané, que foi driblado 0,8 vezes por jogo, e Mohamed Salah, 0,3 por partida, somando todas as competições. A diferença é que ambos jogam no setor ofensivo e, teoricamente, não precisam dar combate com o mesmo volume do beque.

Mas não é só nessa estatística que Van Dijk tem se destacado. O holandês entrou em campo 42 vezes com a camisa do Liverpool nesta temporada. O time venceu 31 partidas. O senso de cobertura, a velocidade e a altura (1,93 m) fazem dele um jogador completo.

"Mais do que o melhor zagueiro do mundo, Van Dijk é o zagueiro mais completo do mundo. E é justamente por isso que se destaca mais do que qualquer outro defensor da atualidade. O holandês é praticamente perfeito por cima, é suficientemente forte para ganhar as disputas de corpo, tem velocidade para disputar com os atacantes que gostam de uma correria e tem técnica para iniciar as jogadas de ataque do Liverpool. É bem possível que em cada um desses quatro quesitos existam zagueiros melhores que Van Dijk. Mas, quando somadas essas características, ninguém consegue derrotá-lo", analisa o blogueiro do UOL Esporte Rafael Reis.

Um lance recente deixou ainda mais claro como o holandês tem atuado acima da média neste ano. Na vitória por 2 a 1 do Liverpool sobre o Tottenham, pelo Campeonato Inglês, Van Dijk mostrou uma velocidade de raciocínio acima da média para impedir um gol de Sissoko. Em um contra-ataque rápido, o zagueiro ficou sozinho contra dois jogadores. Sem se desesperar, conseguiu ao mesmo tempo fechar a linha de passe entre os adversários, não fez falta e esperou o último segundo para diminuir o espaço na hora em que Sissoko decidiu finalizar.

Van Dijk durante partida contra o Tottenham, pelo Campeonato Inglês  - Reprodução
Van Dijk durante partida contra o Tottenham, pelo Campeonato Inglês
Imagem: Reprodução

A fase recente também cala toda e qualquer crítica feita ao Liverpool, que gastou 75 milhões de libras (mais de R$ 331 milhões em 2017) para tirar o zagueiro do Southampton. Muitos acreditavam que o clube inglês tinha investido alto em uma incógnita. "Para pagar aquilo que pagamos por Van Dijk, temos de estar totalmente convencidos. Temos de estar 100% certos e nós estávamos", afirmou o técnico Jürgen Klopp à "Sky Sports".

Van Dijk coloca à prova a fase "zero drible" hoje (17), quando o Liverpool visita o Porto pelas quartas de final da Liga dos Campeões. Os ingleses venceram o jogo de ida por 2 a 0.

Mais Liverpool