Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Corinthians: Avelar comemora presença na final, e Urso perde outro treino

Danilo Avelar em ação durante treino do Corinthians no CT Joaquim Grava - Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Danilo Avelar em ação durante treino do Corinthians no CT Joaquim Grava Imagem: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

19/04/2019 11h52

Danilo Avelar treinou pelo segundo dia consecutivo com seus companheiros e já comemora a presença na final do Campeonato Paulista, no domingo, contra o São Paulo. O lateral do Corinthians perdeu alguns treinos durante a semana por questões físicas, mas já está liberado.

Nesta sexta-feira, no último treino com a entrada livre para a imprensa antes da decisão, o jogador afirmou que temeu ser desfalque de Fábio Carille justamente no momento mais importante da competição.

"Eu temi, por que fiquei roendo o osso o campeonato inteiro e aí na hora de comer o filet mignon eu ia ficar fora? Todo mundo quer disputar uma final, quer brigar pela taça. Fiquei chateado com a essa chance, mas não somos máquinas. A gente tem problemas de exigência física, mas isso já é passado. Agora, eu espero corresponder dentro de campo", afirmou o lateral esquerdo.

Avelar ainda evitou brincadeiras com o apelido que tem ganhado dos corintianos: Avelenda. Ele prefere lembrar o esforço que fez para superar as dificuldades após um começo difícil e com muitas críticas no Alvinegro.

Nesta sexta-feira, o time do Corinthians treinou com quase todos os atletas à disposição, com exceção de Junior Urso, que está praticamente descartado da final. Com lesão muscular, ele precisou deixar a primeira final contra o São Paulo com a bola rolando.

Além disso, Manoel, que não treinou na quinta-feira, fez trabalhos específicos de preparação física. Henrique, que tem sentido o efeito da sequência de jogos, ficou apenas na academia. Os dois, no entanto, devem ter condições de jogo.

Corinthians e São Paulo jogam a partir das 16h do próximo domingo, em Itaquera. Depois do 0 a 0 no Morumbi, os dois times entram em campo sem nenhuma vantagem. Quem vencer levanta o troféu. Se houver novo empate, a decisão irá para os pênaltis.