Topo

Futebol


Mano fala em "meio bônus" para vencedor do Mineiro e tempestade para o vice

Vinnicius Silva/Cruzeiro
Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

2019-04-19T14:01:14

19/04/2019 14h01

Às 16h30 de amanhã, Atlético-MG e Cruzeiro fazem a decisão do Campeonato Mineiro de 2019. Em sua última entrevista antes do confronto, o técnico Mano Menezes definiu os estaduais como torneios de características cruéis para as equipes. Para o comandante do Cruzeiro, o vice-campeonato de um time pode ter consequências muito maiores em comparação ao título da outra.

"Desde que iniciou o campeonato, não partiu nenhuma frase do Cruzeiro desmerecendo o Campeonato Mineiro. E eu disse que nós iríamos lutar pelo bicampeonato sim. Então, nós chegamos à final e cumprimos a parte da obrigação do clube grande dentro do Estadual. Agora, nos cabe o direito de lutar por esse bicampeonato. Nós sempre pensamos assim e não podemos mudar uma vírgula do discurso. Embora a gente entenda que os estaduais hoje têm uma característica quase cruel: um meio bônus para quem ganha e uma tempestade para quem perde", comentou o treinador.

Vale lembrar que Mano já sentiu esses dois lados de uma final mineira. Em 2017, amargou o vice-campeonato para o Atlético. No ano passado, voltou a encontrar o rival alvinegro, mas conseguiu inverter o cenário negativo da primeira partida e terminou campeão na finalíssima.

Vencedor do primeiro jogo por 2 a 1, o Cruzeiro sairá de campo bicampeão mineiro se obtiver uma nova vitória ou até empatar dentro do Independência. Por ter feito uma primeira fase melhor, o Atlético pode recuperar sua vantagem e ficar com a taça, mas só pode ser campeão se sair vencedor por qualquer placar no Horto.

"O Cruzeiro está calejado para jogar em qualquer lugar. Vem mostrando isso nesses quase três anos que estou aqui na frente. Já conquistamos títulos fora, com esse grupo. Essa é uma oportunidade de você mostrar mais uma vez a capacidade que esse grupo tem. Acreditamos muito na gente e é isso que vamos fazer", concluiu o técnico.

No último treinamento na Toca da Raposa, torcedores compareceram ao centro de treinamento para prestar um último apoio ao time antes da final. Em campo, a equipe não terá mudanças e deverá ser a mesma do primeiro jogo. A novidade ficará no banco de reservas. Recuperado e totalmente à disposição, Thiago Neves será opção do treinador para o decorrer da partida.

Mais Futebol