Topo

Paulista - 2019


Cássio é maior trunfo corintiano em decisão contra "rival favorito"

Marcello Zambrana/AGIF
Cássio em partida do São Paulo contra Corinthians na final do Campeonato Paulista, no Morumbi Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Arthur Sandes e Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-04-20T04:00:00

20/04/2019 04h00

Cássio entra em campo às 16 horas (de Brasília) de amanhã com a missão de manter o ótimo nível de atuação que geralmente tem contra o São Paulo. O goleiro ganha mais do que perde contra o rival, tem sete pênaltis defendidos no clássico e guarda ótimas lembranças da última decisão contra o Tricolor na Arena Corinthians. Na final do Campeonato Paulista de 2019, é o maior trunfo corintiano.

O retrospecto do goleiro contra o São Paulo é bastante favorável: em 32 jogos, foram 13 vitórias, 12 empates e sete derrotas, com aproveitamento de 53,1%. Nestes jogos todos, sete milagres: defendeu cobranças de pênaltis de Rogério Ceni (dois), Luis Fabiano, Alan Kardec, Araruna e, mais recentemente, Diego Souza e Liziero (veja a lista mais abaixo).

Cássio foi o herói da classificação para a final do Paulistão de 2018 na última decisão entre Corinthians e São Paulo, na mesma Arena que recebe o Majestoso de amanhã. Daquela vez o Timão devolveu placar de 1 a 0 no tempo normal e, na disputa de pênaltis, teve o camisa 12 como protagonista com defesas nas cobranças de Diego Souza e Liziero.

Recentemente o goleiro só tem um clássico para esquecer: o de julho de 2018, quando cometeu dois erros indesculpáveis no Morumbi e viu o São Paulo vencer por 3 a 1 no último Brasileirão.

Boa fase e rotina de milagres em 2019

O Corinthians chegou à final do Paulistão muito por mérito de Cássio, que vem de atuação irretocável no segundo jogo da semifinal contra o Santos. Na ocasião, pegou tudo e mais um pouco para evitar que o Corinthians fosse eliminado no tempo normal. Antes disso já havia sido decisivo em duas disputas de pênaltis nesta temporada, contra Ferroviária-SP, no mesmo Paulistão, e Racing (ARG), na Sul-Americana. A fase é excelente.

Goleiro pode bater recorde com título

Se for campeão com o Corinthians, Cássio se tornará o maior campeão da história do Corinthians com nove conquistas. Caso isso aconteça, vai superar Alessandro, Danilo, Chicão e Marcelinho Carioca, que têm oito taças cada - no caso de Marcelinho, vale a ressalva de que um Ramón de Carranza e uma Copa Bandeirantes estão excluídas da conta.

Pênaltis defendidos por Cássio contra o São Paulo

2013: Luis Fabiano e Rogério Ceni, na semifinal do Paulistão
2015: Rogério Ceni, na primeira fase do Paulistão
2015: Alan Kardec, no Brasileirão
2017: Araruna, na Florida Cup
2018: Diego Souza e Liziero, na semifinal do Paulistão