Topo

Futebol


Como título Gaúcho ajuda Grêmio na briga por classificação na Libertadores

Jeferson Guareze/AGIF
Imagem: Jeferson Guareze/AGIF

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

2019-04-21T04:00:00

21/04/2019 04h00

A conquista do Campeonato Gaúcho gerou festa, provocação e descontraiu o ambiente do Grêmio - que duas semanas antes flertou com instabilidade e crise. Mas passada a celebração pelo título estadual histórico, o clube gremista vê outro reflexo da vitória: a injeção de ânimo para a busca por classificação no grupo H da Libertadores.

Na terça-feira (23), o Grêmio visita o Libertad-PAR e precisa vencer para seguir na luta atrás de vaga nas oitavas de final do torneio sul-americano.

"Dá um gás a mais conquistar um título diante da torcida. Dá um gás a mais para todas as competições", disse Leonardo, lateral direito do Grêmio.

O ânimo se renovou pelo título, mas pela consolidação de uma campanha sem derrotas - algo que o Grêmio não conseguia desde 1965, e pelo dado estatístico de ter sofrido somente um gol em 17 partidas do Gauchão.

Uma das bases do trabalho de Renato Gaúcho no Grêmio, desde setembro de 2016, é o nível de confiança no grupo de jogadores. Recentemente, houve constatação interna de que o atributo havia sofrido oscilação pelos jogos ruins contra Libertad, em Porto Alegre, e Universidad Católica, no Chile. Àquela altura, o título estadual era tratado como vital nos bastidores. Ganhar o Gauchão em cima do Internacional renovaria a confiança do elenco.

Os dois empates, mantendo a defesa com números históricos, ajudaram. As três defesas de Paulo Victor na decisão por pênaltis, também. Houve espaço, ainda, para a volta de Luan antes do previsto e bom rendimento dos jovens Matheus Henrique e Jean Pyerre. Assim como atuações de melhor nível de Everton, que havia ficado devendo em jogos recentes da Libertadores. Em resumo, o Grêmio entende que conseguiu sair do estadual renovado.

"O Grêmio jogou duas partidas não tão bem e pagamos pelos nossos erros. Mas lembro que nós bancamos, o Grêmio vai classificar. Mas isso vamos pensar a partir de sexta-feira. O jogo é duro, difícil, mas o Grêmio vai classificar. Hoje? vamos comemorar o título. Título é título e é muito difícil ser campeão. Muito difícil. Você não sabe o que um clube passa para dar volta olímpica. Temos que valorizar mais esse título. É muito difícil, muito trabalho. Por isso estamos felizes. Por tudo que passamos", disse Renato logo depois da conquista do estadual.

Com quatro pontos, o Grêmio depende apenas de si para chegar às oitavas de final. Mas para tal, o time gaúcho tem que vencer Libertad-PAR e Universidad Católica nas duas rodadas finais do grupo. Em caso de empate em Assunção, será preciso torcer contra os chilenos diante do Rosario Central, na quarta-feira (24).

Mais Futebol