Topo

Fluminense

'Melhor do Brasil'? Colombiano do Flu é o gringo com mais gols no país

Lucas Merçon/Fluminense
Atacante colombiano Yony González já soma oito gols com a camisa do Fluminense Imagem: Lucas Merçon/Fluminense

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

2019-04-21T04:00:00

21/04/2019 04h00

Contratado junto a Junior Barranquilla (COL), o atacante Yony González ainda alterna seu desempenho no Fluminense, mas no quesito gols, ninguém até aqui entre os estrangeiros supera o colombiano no futebol brasileiro.

Até o momento, "Speedy" - como foi apelidado em seu país local - soma oito gols, e é seguido de perto pelos gringos do Santos, o paraguaio Derlis González e o uruguaio Carlos Sánchez, que estão com sete.

González, no entanto, é vice-artilheiro considerando somente o elenco do Fluminense. Ele está quatro gols atrás de Luciano, que tem 12 e vive grande fase.

A diretoria tricolor já se convenceu do futebol do colombiano e fez uma proposta de compra de 70% de seus direitos econômicos. Os atrasos nos pagamentos na negociação que trouxe o ex-Junior Barranquilla para as Laranjeiras, no entanto, emperram o negócio.

Além dos salários devidos ao jogador (assim como para o restante do elenco), o Flu não cumpriu os prazos acordados para o pagamento das parcelas referentes ao empréstimo e comissões dos agentes. A primeira proposta de compra foi rechaçada, visto que a forma de parcelamento proposta para o recebimento das luvas e a oferta financeira não foram consideradas vantajosas pelos representantes do atleta.

A ideia do Tricolor é que um contrato de quatro anos seja assinado com o atacante, que tem vínculo até o final desta temporada. Em alta no Rio de Janeiro, "Speedy" González mira a disputa da Copa América do Brasil. Ele participou de toda a campanha que classificou sua seleção para a Rio-2016, mas problemas físicos o tiraram da lista final.

González chegou ao Flu após ficar sem contrato com seu ex-clube. Valorizado com a campanha que culminou no vice-campeonato da Copa Sul-Americana, o camisa 11 tem sido uma das principais peças da equipe dirigida por Fernando Diniz.