Topo

Futebol


Em 20 dias, Pedro Rocha chegou ao Cruzeiro e já decidiu em gol do título

Vinnicius Silva/Cruzeiro
Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, emBelo Horionte

2019-04-22T04:00:00

22/04/2019 04h00

Pedro Rocha não poderia estar melhor no Cruzeiro. Em menos de um mês, o jogador já desembarcou com festa da torcida, foi utilizado nas finais do Campeonato Mineiro e ainda teve participação decisiva para o título do Cruzeiro alcançado no último sábado, após empate por 1 a 1 contra o Atlético-MG, no Independência. Melhor início possível para o atacante, que quer fazer ainda mais nesta temporada.

O ex-jogador do Grêmio foi contratado pelo Cruzeiro no dia 2 de abril. Sua chegada a Belo Horizonte aconteceu dois dias depois, e o primeiro treino com a nova equipe foi realizado no dia 8. Apesar de não ter sido inscrito para a fase de grupos da Libertadores, o atacante foi regularizado rapidamente e ficou disponível para as decisões do estadual. No primeiro jogo, entrou aos 22 minutos do segundo tempo e fez uma estreia tímida. Na partida decisiva, foi novamente promovido ao campo de jogo por Mano Menezes na etapa final, mas, desta vez, teve papel importantíssimo na conquista da taça.

O gol de pênalti marcado por Fred foi gerado em um lance de Pedro Rocha. O atacante recebeu pela esquerda, passou entre Guga e Chará, deixou Elias para trás e tentou o cruzamento para a área, bloqueado por Leonardo Silva. Na revisão do lance com o auxílio do VAR, o árbitro Leandro Bizzio Marinho apontou toque de mão do zagueiro alvinegro e pênalti a favor do Cruzeiro.

"Fiquei tranquilo na hora, vi que a bola rolou no braço dele, eu tinha certeza que seria pênalti. Foi minha primeira oportunidade de ser campeão. Quero parabenizar todo o grupo, fui recebido muito bem. Já estou me sentindo em casa. Agora é continuar trabalhando para conquistar mais títulos", comentou o atacante.

Emprestado até o final do ano, Pedro Rocha terá agora novas oportunidades de mostrar seu futebol nas grandes ambições do Cruzeiro para 2019. Com a equipe já classificada para as oitavas de final da Libertadores, o jogador será inscrito no torneio e será uma nova arma de Mano Menezes no time. Tanto para o torneio continental, quanto para o Brasileiro, o treinador terá trabalho para decidir sua formação titular. Contratado como reforço de peso, Pedro Rocha terá a concorrência de Marquinhos Gabriel no lado esquerdo do campo. O jogador foi uma grata surpresa em seus primeiros meses, e talvez a contratação que mais rendeu ao longo do estadual. Além de Marquinhos, o setor ofensivo esquerdo ainda conta com o velocista David e o veterano Rafinha como concorrentes.

Mais Futebol