Topo

Esporte


Sensação do Mundial de Clubes, brasileiro é afastado do elenco do Al Ain

Kamran Jebreili/AP
Contratado em 2016 pelo Al Ain, Caio Lucas foi escolhido o segundo melhor jogador do Mundial de 2018; destino deve ser o Benfica Imagem: Kamran Jebreili/AP

Do UOL, em São Paulo

2019-04-23T20:01:34

23/04/2019 20h01

O atacante brasileiro Caio Lucas foi afastado do elenco principal do Al Ain, dos Emirados Árabes. A decisão foi anunciada pelo próprio técnico do time, Juan Carlos Garrido, que também não conta com o meia-atacante português Rúben Ribeiro. A diretoria da equipe aprovou a medida.

"Estamos em um momento decisivo de nossa temporada, no qual precisamos de jogadores talentosos, com espírito de luta, com um desejo forte e sério de defender nosso time. Que se sintam felizes e orgulhosos de defenderem uma grande equipe e que estejam altamente comprometidos com o espírito de equipe durante os treinos e os jogos do Al Ain", disse Garrido, segundo o site da equipe.

No caso de Caio Lucas, seu contrato com a equipe vai até junho. O atacante passou por exames com o Benfica em janeiro e deve reforçar o time português para a temporada 2019/2020.

Dispensado pelas categorias de base do São Paulo aos 15 anos, o jogador chegou a fazer testes em Palmeiras e Santos. No entanto, a oportunidade de fazer carreira no futebol veio em 2014, quando foi avaliado pelo Kashima Antlers (Japão), que tinha Toninho Cerezo como treinador.

Do clube nipônico, Caio Lucas se transferiu ao Al Ain em 2016. Na nova equipe, foi destaque do Mundial de Clubes de 2018, no qual o time perdeu a final para o Real Madrid. Apesar disso, foi escolhido o segundo melhor jogador da competição.

No Al Ain, porém, a queda de rendimento deixou Juan Carlos Garrido insatisfeito. "Este clube está em um momento muito importante e temos de tomar decisões pensando no futuro. Afastar quem não quer estar aqui e, talvez, contratar novos jogadores ou promovê-los das categorias de base", disse o técnico, ainda de acordo com o diário português.

Mais Esporte