Topo

Flamengo

Diego critica Fla: "altitude dificulta, mas não serve de desculpa"

Thiago Ribeiro/AGIF
Diego reclamou da atuação do Flamengo em derrota para a LDU na Copa Libertadores Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Do UOL, no Rio de Janeiro

2019-04-24T23:42:02

24/04/2019 23h42

O Flamengo foi derrotado por 2 a 1, de virada, pela LDU nesta quarta-feira, no Equador. Os 2,8 mil metros de altitude de Quito, claro, atrapalharam, mas não servem de desculpas para justificar a derrota. Pelo menos foi o que disse o capitão do Rubro-negro, Diego.

Ele começou o jogo no banco de reservas, mas entrou na vaga de Arrascaeta no intervalo. E foi justamente no segundo tempo que o Flamengo teve atuação bastante questionável. Levou a virada e não conseguiu reagir. E se complicou na busca pela vaga nas oitavas de final da Copa Libertadores.

"Altitude dificulta, mas não serve de desculpa de maneira nenhuma. Poderíamos ter feito melhor em campo hoje", disse Diego à TV Globo após a derrota do Flamengo em Quito.

"Não fizemos um bom jogo e isso é difícil de compreender. Sabíamos como deveríamos encarar essa partida, não encaramos e pagamos caro", completou o camisa do Flamengo.

Com a derrota, o Flamengo se mantém com 9 pontos e viu a situação se complicar na fase de grupos. Isso porque o time, agora, precisa empatar com o Peñarol, também com 9, em Montevidéu. O problema é que a LDU, com 7, recebe o lanterna San José-BOL, com 4, novamente em Quito.

Em caso de empate entre Flamengo e Peñarol, e uma vitória da LDU sobre o San José e os três primeiros colocados estarão empatados com 10 pontos. O Rubro-negro leva a melhor nos critérios de desempate e é justamente por isso que joga pelo resultado igual em Montevidéu. Os uruguaios têm vantagem de dois gols de saldo em relação aos equatorianos.