Topo

Botafogo

Após liberar Kieza, Botafogo quer camisa 9 "bom e barato" para repor elenco

Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Botafogo busca uma sombra para Diego Souza após a saída de Kieza e quer jogador "bom e Imagem: Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

2019-04-25T04:00:00

25/04/2019 04h00

Em baixa com a torcida, Kieza ficou sem clima após perder gol claro contra o Juventude, pela Copa do Brasil, e foi emprestado ao Fortaleza até o fim do ano. O Botafogo sabe que precisa repor a perda e já procura no mercado uma opção. Alguns nomes estão sendo ventilados, mas precisam se encaixar no perfil traçado pela diretoria.

Diego Souza ocupa a posição no elenco de grande contratação do ano e deverá ser o titular. Igor Cássio, por outro lado, é o jovem formado na categoria de base que busca experiência e poderá ser útil em alguns jogos. O reserva imediato do camisa 7 precisa ser alguém estabelecido no mercado e que não seja caro.

Tréllez é um nome que sempre interessou ao Botafogo, mas que não cabe no orçamento. O colombiano foi procurando antes de fechar com Diego Souza, mas não há espaço na folha salarial para os dois juntos. Mas o desejado pela diretoria é alguém com o perfil do jogador do Internacional, mas que não custe tão caro.

Outra característica desejada de acordo com o perfil traçado é que o próximo reforço não seja muito jovem, mas que ainda tenha uma carreira longa pela frente. Isso porque o Botafogo espera que o jogador crie identidade em General Severiano para evitar buscar reforços para a posição a cada temporada.

Em 2015, o Botafogo conquistou a Série B com Navarro e Sassá de camisa 9. No ano seguinte, viu Canales ganhar dinheiro sem entrar em campo, além do período de afirmação de Sassá, que se transferiu para o Cruzeiro.

Em 2017, Roger e Brenner eram os centroavantes e o primeiro teve grande destaque. Preferiu ir para o Internacional e abriu espaço para o segundo, que não aproveitou na temporada seguinte. Kieza chegou com status de solução, mas... Os dois terminaram 2018 em baixa.

Kieza ainda ficou para próxima temporada, mas não suportou a pressão da torcida após a chegada de Diego Souza. A história se repete em General Severiano ano após ano.