Topo

Barcelona


Suárez prevê reencontro emocionado com o Liverpool e elogia Coutinho

Jorge Guerrero/AFP
Luis Suárez, atacante do Barcelona, comemora gol contra o Betis Imagem: Jorge Guerrero/AFP

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-04-26T17:47:18

26/04/2019 17h47

Luis Suárez segue como um dos pilares do Barcelona. Os gols estão saindo na Espanha, e o uruguaio a cada dia se mostra mais entrosado com Lionel Messi, capitão, amigo e grande referência do clube. Na busca por mais um título de Liga dos Campeões, o uruguaio vai encarar o reencontro com o Liverpool, time responsável por projetá-lo ao Barça e com quem fez parceria de sucesso com Philippe Coutinho, hoje companheiro na Catalunha.

Em entrevista concedida ao jornal The Guardian, Suárez admitiu certo grau de ansiedade por encarar o Liverpool na briga por uma vaga na decisão da Champions League. O camisa 9 ainda tratou de elogiar Coutinho, que conviveu com críticas nas últimas semanas e ainda não repetiu o nível de atuação demonstrado na Inglaterra.

"Meus filhos nunca vão aos jogos da Liga dos Campeões, mas neste querem ir. Conversei com Sofia [mulher] sobre Anfield [estádio do Liverpool], e eles disseram: 'nós também vamos'. Talvez só o Lautaro, que fez seis meses, não vá", contou Suárez, antes de detalhar a relação familiar com o Liverpool.

"Benjamin [seis anos] era muito pequeno, mas nasceu em Liverpool e viu fotos, sabe que Anfield foi o seu primeiro estádio. Parte da infância de Delfina [filha de oito anos] foi lá. Quando ela começou a se animar por futebol, eu estava lá. Delfi ainda se lembra como era ficar cantando 'You'll never walk alone', então você pode imaginar o que isso significa para ela", acrescentou.

Sobre o atual Barcelona, Suárez ressaltou a amizade com Messi, com quem divide uma parceria fora dos gramados. O uruguaio é praticamente vizinho do argentino, as mulheres são amigas e abriram até negócios juntas e os filhos estudam na mesma escola na cidade catalã.

Além de Messi, Suárez cultiva relação de proximidade com Coutinho, com quem atuou junto no Liverpool. O brasileiro enfrentou momentos difíceis na temporada, com críticas por baixo desempenho e comportamento, mas segue prestigiado dentro do elenco do Barcelona, segundo o centroavante.

"Philippe é um amigo. Ele é jovem e tento dar conselhos. No Liverpool, ele provou o jogador que é. Foi muito difícil para mim e digo isso para ele. Você tem que aceitar as críticas, mas o mais importante é que ele está confortável, feliz e tem a plena confiança dos seus companheiros e do treinador", declarou.

Suárez soma 21 gols e ocupa a vice-artilharia do Espanhol com 21 gols, mesmo número do francês Karim Benzema, do Real Madrid. Na Champions, o uruguaio segue zerado depois de oito partidas.

Mais Barcelona