Topo

Esporte


Zidane se esquiva ao falar de Vinicius Jr na Copa América: "Não sou o Tite"

JAVIER SORIANO/AFP
Vinicius Júnior conversa com Zidane antes de entrar em campo Imagem: JAVIER SORIANO/AFP

Do UOL, em São Paulo

2019-05-05T14:40:07

05/05/2019 14h40

De volta aos gramados após dois meses afastado por lesão, Vinicius Júnior vive a expectativa de defender a seleção brasileira na disputa da Copa América. Após a vitória do Real Madrid contra o Villarreal, hoje (5), o técnico Zinédine Zidane se esquivou ao ser questionado sobre uma possível convocação do atacante para a competição.

"Eu não sou o Tite. Não sei, vamos ver o que vai acontecer", disse o francês durante a entrevista coletiva.

Zidane também evitou empolgação ao falar do retorno do ex-jogador do Flamengo à equipe. Vinicius Júnior estava sem atuar desde o dia 5 de março, quando sofreu uma ruptura de ligamento no tornozelo direito na partida contra o Ajax pela Liga dos Campeões. O brasileiro entrou em campo aos 29 minutos do segundo tempo e fez o seu primeiro jogo sob o comando do técnico francês.

"Ele jogou 20 minutos e depois de dois meses fora tem que trabalhar. Faltam duas partidas e temos que pensar na próxima temporada", comentou o treinador.

Vinicius Júnior terá chance de atuar em mais dois jogos (contra Real Sociedad e Betis) antes da convocação para a Copa América. O técnico Tite vai anunciar a lista de jogadores no dia 17 de maio.

Na última sexta-feira (3), a CBF anunciou duas datas de amistosos para o próximo mês. O Brasil vai finalizar a preparação para a Copa América contra Qatar e Honduras, nos dias 5 e 9 de junho, respectivamente. A seleção estreia na competição no dia 14 de junho, contra a Bolívia, no Morumbi.

Mais Esporte