Topo

Grêmio

Grêmio pede imagens após suposto racismo contra o Flu; STJD pode denunciar

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

2019-05-07T13:02:29

2019-05-07T17:01:34

07/05/2019 13h02Atualizada em 07/05/2019 17h01

O Grêmio solicitou imagens à Arena Porto-Alegrense e trabalha na identificação dos torcedores envolvidos em possível ato de injúria racial durante jogo contra o Fluminense, no domingo. O caso veio à tona na noite de segunda-feira, nas redes sociais.

A Procuradoria do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) estuda se apresenta denúncia.

De acordo com o clube gaúcho, três pessoas foram localizadas em setor próximo ao local onde foi gravado vídeo da Flu TV, canal do clube carioca que captou as injúrias contra Yony González.

Quando o atacante comemora um dos gols do Flu na virada de 5 a 4 sobre o time gaúcho pela terceira rodada do Brasileiro, um grito de "macaco" é captado pela câmera. O ruído externo atrapalha a identificação das palavras. O autor não aparece nas imagens.

O próximo passo a ser dado pelo Grêmio é identificar o trio. Como o setor da Arena onde ocorreu o fato não possui biometria, o clube estuda alternativas para conseguir dar nome aos responsáveis.

Depois de identificar, o Grêmio vai convocar os torcedores a prestarem esclarecimentos no clube. A seguir, o clube vai deliberar punição interna e na sequência, repassará o processo aos órgãos públicos.

Mesmo sem denúncia, Boletim de Ocorrência ou qualquer outro registro por parte dos jogadores, os dois clubes se manifestaram no Twitter.