Topo

Esporte


Edu vê Neymar "errado" por agressão e promete conversa pessoal com atacante

Do UOL, em São Paulo

2019-05-07T16:12:54

07/05/2019 16h12

Edu Gaspar, coordenador de seleções, foi direto ao comentar a agressão de Neymar a um torcedor do Paris Saint-Germain após a final da Copa da França.

"Está errado", avaliou o primeiro integrante da comissão técnica da seleção brasileira a falar sobre o assunto.

Em entrevista ao programa "No Ar com André Henning", do Esporte Interativo, ele disse que um caso assim não se resolve à distância e prometeu uma conversa pessoal com o craque.

"Só não conversei com ele ainda porque ele ainda não entrou no processo de seleções. Conversei, mas não dá para se aprofundar num assunto por telefone. Será uma conversa amistosa, não exclusivamente sobre este assunto", completou o coordenador de seleções.

Por outro lado, Edu deu indícios de que a agressão de Neymar a um torcedor não atrapalhará sua vida na equipe comandada por Tite. O dirigente disse que o caso de indisciplina é um problema do PSG.

"O Neymar teve esse problema de indisciplina no PSG, a responsabilidade é deles... Não estou passando a mão na cabeça dele, estou achando o correto para seleção", disse Edu.

O coordenador de seleções afirmou que a postura de Neymar nas vezes em que defendeu o Brasil foi exemplar. E que um assunto desse tipo seria discutido caso acontecesse com a camisa amarela.

"O que o Neymar fez quando esteve com a gente na seleção? Desde a nossa primeira convocação com o Neymar, nunca tivemos problema com ele. Cabe a nós (se um caso similar acontecer) quando o Neymar estiver conosco, aí nós vamos conversar", completou.

A postura de Edu contrasta com a adotada por Tite com Douglas Costa. Na ocasião, o atacante deixou de ser convocado para um amistoso da seleção brasileira por ter cuspido em um jogador do Sassuolo, em um duelo com a camisa da Juventus.

A convocação para a disputa da Copa América está marcada para o dia 17 de maio. A estreia da seleção brasileira na competição está prevista para o dia 14 de junho.

Mais Esporte