Topo

Santos

Peres diz que clubes do mundo todo desejam ter Sampaoli e quer mantê-lo

Divulgação/SantosFC
Técnico Jorge Sampaoli (e) posa para foto ao lado do presidente do Santos, José Carlos Peres (d), após assinar contrato com o clube Imagem: Divulgação/SantosFC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

2019-05-07T15:54:56

07/05/2019 15h54

O técnico Jorge Sampaoli, do Santos, está em alta no Brasil. Segundo o presidente José Carlos Peres, o argentino que já foi procurado pelo Atlético-MG e especulado no Flamengo, desperta desejo de clubes do mundo inteiro.

O mandatário santista está feliz com o trabalho de Sampaoli à frente do Peixe e espera que o técnico cumpra o vínculo que vai até dezembro do ano que vem. Peres diz que fará o possível e o impossível para mantê-lo.

"Dando muita liberdade para o Sampaoli, liberdade de escolher jogadores e qualquer outra demanda. Clubes do mundo inteiro desejam tê-lo como técnico e faremos o possível e o impossível para mantê-lo. Esperamos que o contrato se cumpra. Mas ninguém está imune a um tipo de proposta maior; ele tem liberdade para escolher o que é melhor para ele. Mas estou sentindo que ele não só deseja firmemente continuar no clube, como também conquistar títulos", disse Peres em entrevista ao programa Seleção SporTV.

Apesar de tentar atender todas as demandas do treinador desde o início do ano, Peres e Sampaoli tem um ponto de discordância: o mando dos jogos do Santos. O argentino já deixou claro que prefere atuar na Vila Belmiro e o presidente faz questão de jogar como mandante no Pacaembu em busca de maior renda.

"A Vila para nós é a nossa meca, a casa do Santos. Pretendemos jogar em 2019 50% lá e 50% no Pacaembu. Não podemos esquecer da torcida de São Paulo, que é maioria absoluta hoje. Temos hoje jogos na vila com sete, oito, nove mil, enquanto no Pacaembu fazemos quatro ou cinco vezes mais. Não podemos abdicar de arrecadação. Um time que não tem receita não vai para frente, nunca vai ter um time de primeira. Para ter um time forte, precisamos de dinheiro", disse.

A próxima partida do Peixe no Campeonato Brasileiro é justamente no Pacaembu, neste domingo, diante do Vasco, às 16h. Além dessa partida, o Santos já confirmou o clássico contra o Corinthians e o duelo de volta frente ao Atlético-MG, pela Copa do Brasil, para o estádio da capital.