Topo

Athletico perde com gol impedido do Boca Juniors, mas segue na Libertadores

Jogadores do Boca Juniors comemoram após gol contra o Athletico Paranaense pela Libertadores - Juan Mabromata/AFP
Jogadores do Boca Juniors comemoram após gol contra o Athletico Paranaense pela Libertadores Imagem: Juan Mabromata/AFP

Do UOL, em São Paulo

09/05/2019 23h26

Já classificado para as oitavas de final da Libertadores, o Athletico perdeu por 2 a 1 para o Boca Juniors, na noite de hoje, em partida pela última rodada da fase de grupos, em La Bombonera, na Argentina. Os brasileiros abriram o placar, levaram o empate com gol impedido de López e, com um a menos em campo após expulsão de Wellington, sofreram a virada.

Com o resultado, o time paranaense perdeu a liderança do grupo G e ficou com nove pontos. Em primeiro lugar, o Boca terminou com onze pontos.

Os argentinos começaram mais ofensivos. Aos 14 minutos do primeiro tempo, o time da casa desperdiçou a chance de abrir o placar. Benedetto recebeu pela esquerda e cruzou de primeira para a área. Sozinho, o zagueiro López chutou forte e viu a bola subir demais.

Rony também se destacou em jogada aos 39 minutos. Em saída pela esquerda, passou pelo marcador com facilidade e carregou para o meio. O atacante rolou para Lucho González, que mandou por cima do gol.

No final da primeira etapa, o Boca perdeu Benedetto, que saiu lesionado para a entrada de Ramón Abila.

No segundo tempo, depois de lançamento de Nikão, Marco Ruben abriu o placar com gol de cabeça. O atacante fez seu sexto gol na competição, quatro deles justamente contra o Boca.

Poucos minutos depois, o Boca empatou a partida com gol impedido de López. O Athletico ainda teve Wellington expulso após dar um carrinho na canela de Carlitos Tevez, que entrou na segunda etapa. Para finalizar, Tevez marcou o dele e virou o placar.

No primeiro jogo do turno, a equipe brasileira venceu por 3 a 0, na Arena da Baixada.