Topo

Brasileirão - 2019


Mano Menezes condena falhas defensivas e diz que Cruzeiro esteve "relaxado"

Do UOL, em São Paulo

2019-05-12T19:04:18

12/05/2019 19h04

Depois de duas vitórias seguidas no Brasileirão, o Cruzeiro voltou a perder na competição. Fora de casa, a equipe não conseguiu superar o Internacional e perdeu por 3 a 1. O técnico Mano Menezes não aprovou a atuação, e viu seu time "relaxado" em campo.

"Não tapamos sol com a peneira. Houve um relaxamento, mas agora é tempo de retomada. Algumas coisas acontecem no futebol, e quando acontece, temos que resolver. O Cruzeiro tem cometido muitos erros em um setor onde não cometemos tantos erros assim. Sofremos três gols de rebote defensivo hoje. Aponta para uma falta de posicionamento melhor. O único caminho para retomar é o trabalho", analisou Mano Menezes em entrevista coletiva.

O Cruzeiro saiu atrás no placar, mas empatou logo em seguida com o zagueiro Dedé aproveitando bola levantada na área. No segundo tempo, no entanto, os mineiros recuaram e deram campo para o Internacional, que aproveitou as oportunidades e marcou dois gols, com Paolo Guerrero e Rodrigo Moledo.

O time de Mano Menezes conseguiu manter boa invencibilidade no início do ano, e a derrota no Beira-Rio ajudou a escancarar algumas falhas dos mineiros. O treinador mostrou-se preocupado com sua defesa, que permitiu com que o Inter fosse superior.

"A equipe cometeu erros que não é do nosso padrão", avaliou. "Toda derrota preocupa. Ela traz um sinal de que as coisas não estão tão bem. Mas os jogos são diferentes. Nosso momento era extraordinariamente bom em termos de resultados, mas não estávamos fazendo nada fora do normal".

No fim da partida, o lateral Edilson deixou o braço em dividida com Nico López e foi expulso, causando uma confusão em campo. Mano avaliou a expulsão do lateral, e disse que está lá para "resolver a parte técnica".

"Nós nunca aprovamos agressividade fora das regras do futebol. Ele (Edilson), como jogador, sabe. Quando você ultrapassa o limite, você está errado e tem que tomar o cartão vermelho. Disse aos jogadores do Inter, ao Odair (Hellmann), que a confusão poderia ter sido evitada, não precisávamos encerrar o jogo assim. Foi um jogo bem jogado, essas questões não fazem parte daquilo que a gente gosta", disse.

Agora, o Cruzeiro volta suas atenções para a Copa do Brasil. Os mineiros enfrentam o Fluminense, na quarta-feira (15), na partida de ida das oitavas de final. O duelo acontece no Maracanã, às 21h30 (de Brasília).