Topo

Quem é a nova promessa de Cotia observada por Cuca no São Paulo

Morato tem apenas 17 anos e contrato com o Tricolor até 30 de outubro de 2022 - Igor Amorim/saopaulofc.net
Morato tem apenas 17 anos e contrato com o Tricolor até 30 de outubro de 2022 Imagem: Igor Amorim/saopaulofc.net

Bruno Grossi e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

15/05/2019 17h55

Há mais uma promessa de Cotia a caminho do time profissional do São Paulo. Nesta tarde, o zagueiro Morato treinou pela primeira vez com o elenco principal do Tricolor e passará por período de experiência para convencer Cuca de que está pronto para ser promovido. Tudo isso aos 17 anos - e com 1,90m de altura.

Cuca tem dito que está empolgado com os planos do São Paulo de dar espaço aos jovens. E confessa que já havia ficado impressionado com Morato durante a Copa São Paulo deste ano, quando ainda nem tinha sido contratado para dirigir o time do Morumbi. Morato foi um dos destaques da equipe de Antony e companhia, que venceu o Vasco da Gama na final para ser tetracampeão da Copinha.

A ideia era observar Morato ainda na semana passada, mas o zagueiro passou por período de atividades com a seleção brasileira sub-20 na Granja Comary e não pôde disputar jogo-treino no CT da Barra Funda. Cuca matou a vontade de ver o defensor na tarde de hoje e, embora a promoção ainda não tenha sido oficializada, o técnico fez questão de apresentá-lo ao grupo. O capitão Hudson deu boas-vindas ao garoto.

Morato exibe a taça da Copinha deste ano - Reprodução/Instagram
Morato exibe a taça da Copinha deste ano
Imagem: Reprodução/Instagram

Morato, na verdade, se chama Felipe Rodrigues da Silva. O apelido é uma homenagem à cidade onde cresceu, Francisco Morato, na Grande São Paulo. A trajetória do zagueiro no esporte começou ainda aos nove anos, quando chegou a fazer um teste para jogar futsal no Palmeiras. Depois, aos 11, conseguiu ser selecionado para o futebol de campo da Portuguesa.

A rotina de treinos na Lusa exigia uma longa viagem de trem até o Parque Ecológico do Tietê. Foram três anos de persistência até que, aos 14, o São Paulo apareceu para levá-lo ao CFA Laudo Natel, em Cotia. Morato rapidamente se firmou como uma das principais promessas do clube e ganhou chance na equipe sub-20 ainda em 2018, quando poderia seguir em uma categoria abaixo.

O sucesso, novamente, apareceu rápido. Em dezembro, foi eleito o melhor jogador da Copa RS, em que o São Paulo foi vice-campeão diante do Palmeiras. Em janeiro, foi titular na Copa São Paulo de Futebol Júnior e novamente se destacou como um dos principais atletas da equipe campeã.

Drama familiar

Na final da Copinha contra o Vasco, todos os jogadores do Tricolor chegaram ao Pacaembu com os cabelos raspados. Era uma forma de homenagem à menina Larissa, torcedora apaixonada pelo clube do Morumbi e que, aos sete anos, luta contra um tipo raro de câncer. Morato, entretanto, não cortou o cabelo. Muita gente estranhou, mas aquilo tinha uma razão especial.

O zagueiro pediu que a própria Larissa raspasse sua cabeça no vestiário, antes de subir ao gramado. Ele pediu esse ritual para que ela se sentisse mais ainda parte do time e também para recordar da irmã Rafaela, que sofreu da mesma doença e morreu em agosto do ano passado. Hoje, em seu primeiro treino no profissional, Morato pôde reencontrar Larissa, que foi ao CT visitar os jogadores, considerados seus amigos e que foram até a sua festa de aniversário em fevereiro.