Topo

Futebol


Revelação do Atlético-MG brilha em Portugal e tem consulta do Villarreal

Carlos Rodrigues/Getty Images
Bruno Tabata tem sido destaque em Portugal com a camisa do pequeno Portimonense Imagem: Carlos Rodrigues/Getty Images

Marcus Alves

Colaboração para o UOL, de Lisboa (POR)

2019-05-15T04:00:00

15/05/2019 04h00

Poucos jogadores, nem mesmo Bernard, hoje brilhando no Everton, geraram mais expectativa na base do Atlético-MG que Bruno Tabata nos últimos anos. Depois de deixar a Cidade do Galo após imbróglio judicial em 2016, o meia-atacante tem conseguido mostrar por que era tão badalado. Um dos destaques do Portimonense na Liga Portuguesa, ele recebeu consulta para se transferir para o Villarreal na próxima temporada.

Rápido e com uma perna esquerda que "rabisca" no piscar dos olhos, o jovem jogador de 22 anos é um dos nomes trabalhados pelos espanhóis para substituir a sensação nigeriana Samuel Chukwueze, assediado por gigantes europeus.

Conforme apurado pelo UOL Esporte, representantes espanhóis enxergam em Tabata um atleta com características semelhantes às de Chukwueze e estiveram por mais de uma vez o observando em Portimão, na região paradisíaca do Algarve.

VEJA TAMBÉM:

Em sua segunda temporada na elite, o Portimonense, que pertence ao investidor brasileiro Teodoro Fonseca, responsável pela carreira de Hulk e outros nomes no passado, não se saiu exatamente como esperado e penou um pouco para afastar qualquer risco de rebaixamento.

Nesse cenário, a revelação mineira foi fundamental nesta reta final.

Nos últimos três jogos, participou em quatro dos cinco gols, balançando as redes duas vezes, distribuindo outras duas assistências e assegurando seis dos nove pontos disputados pelo clube. Ele é uma das peças-chaves do meio-campo da equipe ao lado de Lucas Fernandes, emprestado pelo São Paulo, e Paulinho, promessa que surgiu com tudo no Bahia.

Além do Villarreal, o Porto é outro que tem interesse em seu futebol e se encontra no mercado atrás de jogadores que para atuarem mais abertos na linha de frente. O Shakhtar Donetsk também o acompanha.

O ex-meio-campista Deco é o encarregado por cuidar de seu futuro. Não está descartada, ainda assim, a sua continuidade no Portimonense após renovar contrato até 2023, com multa rescisória de 40 milhões de euros (R$ 173 milhões).

Depois de vender o japonês Shoya Nakajima para o Al Duhail, do Qatar, por 35 milhões de euros (R$ 152 milhões) em janeiro, Tabata é a próxima aposta do time alvinegro para fazer grana na janela de transferências. Essa tem sido a sua essência desde a chegada de Teo Fonseca: comprar barato para vender caro. Ele não nega o seu papel de vitrine para novos talentos.

Ao todo, o camisa 11 deixou os problemas físicos que o perseguiam de lado e entrou em campo 32 vezes na atual campanha. Ele realiza a sua despedida da temporada contra o Braga, na próxima sexta-feira, fora de casa.

Mais Futebol