Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Carille ainda busca alternativas: "Nenhuma forma de jogar tem me agradado"

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

16/05/2019 00h06

Fábio Carille está insatisfeito. Após a derrota por 1 a 0 para o Flamengo na noite de hoje, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o treinador reconheceu que as estratégias de jogo que tentou no Corinthians em 2019 ainda não mostraram o resultado esperado.

"Nenhuma forma está me agradando ofensivamente. Quero melhorar", resumiu Carille na entrevista coletiva que concedeu na Arena Corinthians. "Nós mudamos [a formação] sem muito tempo para treinar, mas nós já vínhamos jogando sem trabalho, sem treino. Não temos feito nada de muito diferente", explica, quando questionado sobre a escalação com um único volante, dois meias e três atacantes.

De modo geral Ralf conseguiu marcar por dois na frente da área alvinegra, mas a ausência de um segundo volante acabou fazendo a diferença no lance do gol do Flamengo: Willian Arão surgiu de surpresa em um buraco na meia lua e, nas costas de Sornoza, testou para abrir o placar. Seja como for, Carille não vê influência do esquema testado sobre o placar negativo.

"Não posso dizer que a derrota foi em cima de algo que saiu errado. Estávamos bem posicionados; não foi porque coloquei mais um atacante que tomamos o gol. Tínhamos a linha de quatro bem montada, mas foi a infiltração do Arão que nos fez perder o jogo", argumenta Carille.

O treinador agora só volta a pensar em Copa do Brasil em junho, pois o reencontro com o Flamengo acontece no próximo dia 4. A preocupação mais urgente, porém, é a visita ao Athletico às 16 horas (de Brasília) de domingo (19).