Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Corinthians ousado só na escalação faz torcida se dividir por Carille

Arthur Sandes, Flávio Latif e Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

16/05/2019 04h00

A derrota do Corinthians para o Flamengo por 1 a 0, ontem, em Itaquera, válida pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, dividiu a opinião da torcida do Timão sobre o técnico Fábio Carille. O veredito de culpado ou inocente não saiu. No entanto, a postura defensiva do time de Carille em 2019 segue incomodando os torcedores alvinegros.

Nem a escalação um pouco mais ousada do treinador para iniciar o confronto, com Sornoza de volante e dois centroavantes, convenceu a torcida. Isso porque a ousadia ficou só no papel. Dentro de campo, o time de Parque São Jorge continuou com a mesma postura defensiva e de pouca criação.

Até no segundo tempo, jogando em casa, o time marcou atrás da linha da bola e apostou na transição para surpreender o Flamengo. A postura tática, aliás, foi a mesma do empate contra o Grêmio no último final de semana, quando os gaúchos, mesmo atuando em Itaquera, tiveram mais iniciativa do jogo. O Fla também se aproveitou da falta de agressividade do rival paulista e foi mais ofensivo no primeiro jogo das oitavas da Copa do Brasil.

É a nossa busca, busca para melhorar a parte ofensiva, tentando recuperar jogadores. Gostei da entrada do Jadson, a bola passou por ele. Nunca escondi que precisamos melhorar a parte ofensiva. Nenhuma forma está me agradando ofensivamente. Quero melhorar

Fábio Carille, sobre os esquemas táticos do Corinthians em 2019

Vagner Love defende nova escalação de Carille

O atacante Vagner Love defendeu a nova escalação de Fábio Carille para o duelo contra o Flamengo. Segundo o camisa 9, o treinador fez a mudança para que ele atuasse ao lado de Boselli no ataque corintiano. Love aprovou a iniciativa, mas alega que a falta de tempo para treinar atrapalhou a estratégia de Carille.

Eu quero estar em campo. Do lado, de centroavante de ofício, segundo atacante... eu quero estar jogando. O Carille tentou esse esquema para eu jogar mais próximo do Boselli. Mas é aquela coisa: não tem tempo pra trabalhar é muito pouco tempo, pra ter entrosamento é difícil. Mas a gente sabe que, com o elenco que a gente tem, pode melhorar muito

Vagner Love sobre escalação com dois centroavantes

Público "baixo" surpreende em decisão

Há quem esperasse muito mais gente em um Corinthians x Flamengo de Copa do Brasil do que as 30.693 pessoas presentes no jogo de ontem. Quase um mês após bater recorde de público com 46.903 torcedores na final do Paulistão, desta vez o estádio teve um terço dos lugares desocupados. "Não achei o estádio 'gelado', mas sentimos ele mais vazio", admitiu Ralf na zona mista, afirmando que "se os valores não são acessíveis, a gente sabe que fica difícil".

Os preços altos explicam o problema em parte, mas Cássio aponta em outra direção. "Trinta mil, foi estranho?", brincou. "A torcida vem. Há uma série de coisas que dificulta: o clima, o horário, o deslocamento. Os 30 mil que vieram apoiaram do início ao fim", exaltou.

Qual é o principal problema do Corinthians em 2019?

Resultado parcial

Total de 4878 votos
18,04%
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
43,91%
JALES VALQUER/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
38,05%
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Total de 4878 votos

Nenhuma forma está me agradando ofensivamente. Quero melhorar... - Veja mais em https://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2019/05/16/carille-ainda-busca-alternativas-nenhuma-forma-de-jogar-tem-me-agradado.htm?cmpid=copiae