Topo

Esporte


Efeito dominó: como Griezmann pode "movimentar peças" no PSG e Barcelona

PASCAL ROSSIGNOL/REUTERS
Cavani é um dos jogadores que podem ser atingidos por "efeito dominó" Imagem: PASCAL ROSSIGNOL/REUTERS

Do UOL, em São Paulo

2019-05-16T04:00:00

16/05/2019 04h00

A saída de Antoine Griezmann do Atlético de Madri deve provocar um efeito dominó no mercado da bola, em cadeia de eventos que provavelmente atingirá Barcelona e PSG, os dois times que surgem como principais opções para o atacante francês. A definição de seu futuro, que deve ocorrer apenas ao final da temporada, movimentará peças e abrirá uma sequência de negociações que podem envolver outros grandes nomes do futebol europeu.

O Barcelona é o favorito para ficar com Griezmann. O interesse é antigo, inclusive com uma negativa do atacante a uma proposta na última janela de transferência. Se o negócio for concretizado deve, segundo informações da imprensa espanhola, ter impacto no futuro dos brasileiros Malcom e Philippe Coutinho.

A possibilidade de saída de Coutinho independe da chegada de Griezmann, que joga em posição diferente. Mas, de acordo com o jornal "Mundo Deportivo", será fortalecida com a necessidade de o Barcelona reduzir gastos para o investimento. Já Malcom, que não se firmou em sua primeira temporada no clube, perderia ainda mais espaço com a chegada de um atacante e pode ser negociado.

REUTERS/Valentyn Ogirenko
Griezmann anunciou saída do Atlético de Madri Imagem: REUTERS/Valentyn Ogirenko

Do outro lado da disputa está o PSG, que segundo o jornal "Le Parisien" demonstrou interesse em Griezmann e pode entrar na disputa. A sua chegada ao time parisiense significaria, segundo a publicação, a negociação de Edinson Cavani com outro time.

Neste cenário, Griezmann pode enfrentar o seguinte dilema na escolha do próximo clube: jogar ao lado de Lionel Messi e Luis Surárez no Barcelona ou formar um trio com Neymar e Mbappé no PSG. Juventus e Bayern de Munique são outros clubes que monitoram a situação e podem tentar garantir a chegada do francês.

O dinheiro está com o Atlético de Madri

Apesar de a expectativa em relação a Griezmann se concentrar em PSG e Barcelona, o maior poder de movimentar o mercado está nas mãos do Atlético de Madri. Segundo estimativa do jornal "Marca", o clube terá à disposição 183 milhões de euros para gastar depois das saídas de Griezmann, Lucas Hernandez e Luciano Vietto.

Uma das contratações já praticamente acertadas pelo clube é a do zagueiro brasileiro Felipe, que deixará o Porto para ser o substituto de Diego Godín em uma transferência que deve girar em torno de 20 milhões de euros. Porém, é esperada pelo menos uma contratação de grande impacto para substituir Griezmann.

A princípio, o clube trabalha com as opções de Dybala, Icardi e Cavani para o setor. Em qualquer investida, o efeito dominó teria continuidade, com Inter de Milão, Juventus ou PSG tendo a necessidade de procurar substitutos.

TF-Images/Getty Images
Dybala é opção do Atlético de Madri para substituir Griezmann Imagem: TF-Images/Getty Images

No caso de Cavani ser o escolhido, existe a possibilidade de um ciclo ser fechado apenas com Atlético de Madri e PSG, como se houvesse uma troca. Porém, os clubes atualmente não estão em negociação, com os próximos passos dependendo da definição em relação a Griezmann, que anunciou o seu adeus de forma unilateral.

Mais Esporte