Topo

Santos

Perto de voltar, Ceará elogia "estilo Sampaoli" e quer impressionar técnico

Reprodução
Anderson Ceará, meia do Santos, em exames em São Paulo Imagem: Reprodução

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

2019-05-16T12:00:00

16/05/2019 12h00

O meia Anderson Ceará, do Santos, está cada vez mais perto de retornar aos gramados. Após ter rompido o ligamento cruzado no joelho direito no final de novembro do ano passado, o jogador realizou exames em São Paulo nesta semana e foi liberado para voltar aos treinos com bola.

A lesão veio no momento em que o meia de 19 anos tinha acabado de fazer sua estreia profissional, apenas uma semana após a partida. Além dos treinos em campo, Ceará fará trabalhos na academia com foco em igualar a força das pernas, o que é usual após uma lesão dessa gravidade.

Assistindo de fora o início de temporada do Peixe, Anderson Ceará é só elogios ao técnico Jorge Sampaoli. Ele está ansioso para trabalhar com o treinador com quem ainda não teve uma conversa direta, mas aprova o estilo de jogo.

"Esse estilo de jogo me agrada muito. Creio que não só a mim, como os outros jogadores e torcida também, e esse 'amor pelo balón' irá favorecer meu estilo de jogo, que é ficar com a bola nos pés e envolver o adversário", disse em entrevista exclusiva ao UOL Esporte.

Meia ofensivo de origem, Ceará se colocou à disposição para atuar em todas as funções do meio-campo e até como falso 9. O rodízio no time titular implantado pelo argentino anima o jovem meia.

"Me motiva. Mostra que nenhum jogador tem cadeira cativa no time e todos devem mostrar dia a dia que merecem. O futebol hoje exige do jogador atuar em duas ou mais posições. Já joguei em todas do meio-campo: ponta esquerda, ponta direita, segundo volante, como um 10 e de falso 9. Me sinto confortável em qualquer posição e sempre irei dar o meu melhor", afirmou.

Anderson Ceará acredita que deve passar um tempo nas categorias de base durante a Copa América para ganhar ritmo de jogo e quer utilizar o período para chamar atenção do argentino Jorge Sampaoli.

"A previsão que me passaram é que em junho eu já esteja pronto para voltar aos gramados. Aproveitarei essa parada para a Copa América para mostrar meu futebol no Campeonato de Aspirantes e Paulista Sub-20, para que o Sampaoli me olhe com outros olhos, porque infelizmente ele ainda não me viu jogando", projetou.