Topo

Antony pede a Cuca para defender a seleção e São Paulo pode ter desfalque

Antony, atacante do São Paulo - Marcello Zambrana/AGIF
Antony, atacante do São Paulo Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

17/05/2019 10h27

O São Paulo pode ficar sem um dos seus principais jogadores nas próximas semanas. Convocado pela seleção brasileira olímpica para a disputa do Torneio de Toulon, na França, que será realizado entre os dias 1 e 15 de junho, Antony conversou com o técnico Cuca e demonstrou o seu desejo de defender a equipe treinada por André Jardine.

"A gente tem de tomar cuidado com esse assunto. Torcedor é passional. Quanto mais jogador estiver na seleção, melhor. Sinal de bom trabalho. A CBF vai ter uma coerência, imagino. Não quero privar o Antony de ir para seleção. Ele veio pedir. Ele me disse: "professor, quero ir". Falei, lógico que vai. Mas queremos coerência. Se todos forem, naturalmente vai servir à seleção", disse Cuca.

O São Paulo ainda estuda qual medida vai tomar. Se os demais clubes que têm atletas convocados conseguirem a liberação, o Tricolor paulista vai solicitar também a permanência de Antony. Outra estratégia estudada é a de o jogador se apresentar um pouco depois do prazo, para poder disputar a segunda partida da Copa do Brasil.

Outra preocupação do torcedor é com a possível transferência de jogadores jovens revelados nas categorias de base. No entanto, a ideia do Tricolor paulista é tentar segurar esses atletas na próxima janela de transferência.

"No futebol não podemos cravar. Eu se fosse presidente falaria também que os jovens não vão sair. E amanhã vem um clube com 40 ou 50 milhões de euros e iria roer a corda. Se for algo extraordinário, a venda vai acontecer. Do contrário, não", completou Cuca.