Topo

Futebol


Em jogo de golaços, Atlético-MG supera expulsão de Elias e bate Flamengo

Do UOL, no Rio de Janeiro

18/05/2019 21h02

O Atlético-MG foi valente e obteve vitória importantíssima sobre o Flamengo, hoje, no Independência. Com um a menos desde os acréscimos do primeiro tempo, quando Elias foi expulso após revisão do VAR, o Galo contou com um golaço de Chará e segurou o triunfo por 2 a 1 até o final. Cazares e Bruno Henrique completaram o placar com outros dois belos gols.

O resultado colocou o Atlético-MG na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, com 12 pontos. Já o Flamengo segue com sete pontos e ocupa a 7ª colocação.

Os times voltam a campo pelo Brasileirão no outro final de semana. No sábado (25), o Galo encara o Grêmio, às 19h, em Porto Alegre. O Flamengo, por sua vez, recebe o Athletico-PR, domingo (26), às 16h, no Maracanã.

O Melhor: Chará

O atacante do Atlético-MG teve boa atuação e terminou como o grande responsável pela vitória mesmo com um a menos. Ele arriscou um chute improvável e fez o golaço do triunfo atleticano.

O pior: Elias

Cometeu falta dura em Renê, foi expulso e prejudicou o Atlético-MG. Além disso, o jogador não fazia boa partida em um Galo que era dominado pelo Flamengo naquele momento.

Everton Ribeiro dá drible de corpo espetacular em Luan

Um dos principais nomes do Flamengo, Everton Ribeiro foi protagonista de lance espetacular na partida. Aos 8min, o camisa 7 "entortou" Luan com um lindo drible de corpo e cruzou para Gabigol. Houve o desvio do atacante, mas Victor defendeu.

Flamengo tem mais de 70% de posse de bola e manda no jogo

Mesmo sendo visitante, o Flamengo apresentou suas características, cada vez mais evidenciadas nos últimos jogos. O time chegou a ter mais de 70% de posse de bola na primeira etapa e conseguiu o feito de acuar o Atlético-MG no Horto. Aos 16min, Bruno Henrique chutou cruzado para boa defesa de Victor.

Galo aproveita erro da defesa do Fla e abre o placar

O Atlético-MG teve a sua primeira chance apenas aos 25min, quando conseguiu se livrar do domínio rubro-negro. Ricardo Oliveira parou em Diego Alves. Aos 28min, a defesa do Flamengo sofreu uma pane. Diego Alves saiu jogando mal com Renê, que rolou na fogueira para Rodrigo Caio. O zagueiro tentou dar um chutão, mas foi desarmado. Cazares invadiu a área, driblou Léo Duarte e o próprio Rodrigo Caiu e fez o gol dos donos da casa.

Flamengo empata logo depois com Bruno Henrique

Nem sequer deu tempo para o Atlético-MG comemorar. Melhor no jogo, o Flamengo empatou logo aos 30min com um belo gol de Bruno Henrique. Após passe de Willian Arão, o atacante fintou Guga e acertou um chute cruzado. Não deu para o goleiro Victor.

Árbitro usa VAR para expulsar Elias por falta dura em Renê

Elias foi expulso nos acréscimos do primeiro tempo. O jogador do Galo havia sido punido com o cartão amarelo pelo árbitro Paulo Roberto Alves Júnior ao acertar forte carrinho no lateral-esquerdo Renê. O lance causou impacto, pois pegou em cheio no tornozelo do atleta do Flamengo. A falta, então, foi revisada pelo árbitro com auxílio do VAR. Convicto, ele anulou o cartão amarelo dado ao jogador do Galo e o expulsou diretamente para desespero da torcida mineira.

Chará faz golaço logo no começo do segundo tempo

Inferior numericamente, o Atlético-MG conseguiu o que queria logo no primeiro minuto da etapa complementar. Chará foi protagonista de um lance improvável. Sem ângulo, ele acertou um chutaço, de primeira, e não deu chances para Diego Alves. Festa no Horto.

Abel coloca três atacantes, mas Flamengo não aproveita

No desespero, o técnico Abel Braga colocou três atacantes em campo para tentar superar o Atlético-MG. Entraram Vitinho, Lincoln e Berrío. Não deu certo. Mesmo com superioridade numérica, o Rubro-negro abusou dos cruzamentos na área e amargou a derrota. No final, festa de um valente Galo no Horto e decepção de um Rubro-negro que tinha tudo para obter importante triunfo fora de casa.

ATLÉTICO-MG 2 X 1 FLAMENGO

Local: Independência, em Belo Horizonte (BH)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
Cartões amarelos: Victor, Luan, Leonardo Silva (Atlético-MG); Hugo Moura (Flamengo)
Cartão vermelho: Elias (Atlético-MG)
Gols: Cazares, aos 27min do primeiro tempo; Bruno Henrique, aos 30min do primeiro tempo; Chará, a 1min do segundo tempo

Atlético-MG
Victor; Guga, Réver (Leonardo Silva), Igor Rabello e Patric; Zé Welison e Elias; Cazares (Vinicius), Chará e Luan; Ricardo Oliveira (Adilson)
Técnico: Rodrigo Santana

Flamengo
Diego Alves; Pará, Léo Duarte (Vitinho), Rodrigo Caio e Renê; Cuéllar, Willian Arão e Arrascaeta (Lincoln); Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol (Berrío)
Técnico: Abel Braga

Mais Futebol