Topo

Palmeiras

Irritado, F. Melo se diz "perseguido" por juízes e pede ajuda da imprensa

Do UOL, em São Paulo

2019-05-18T21:26:14

18/05/2019 21h26

Bastante irritado na saída de campo após a goleada por 4 a 0 do Palmeiras diante do Santos, Felipe Melo se disse "perseguido" pela arbitragem no Brasil e chegou até a pedir a ajuda da imprensa por isso. No fim da declaração, Luiz Felipe Scolari interveio, retirando o volante da frente dos microfones.

"Está muito mimimi o futebol, a gente não pode nem falar mais! Estou lendo que o Felipe Melo melhorou, está com a cabeça no lugar, legal, mas o meu estilo de jogo é esse. Agora, eu vou perguntar para o cara (Jean Mota), mostrar pra ele o que ele fez comigo, e tomo cartão amarelo?", disse Felipe Melo ao Esporte Interativo.

"Pelo amor de Deus, gente, isso (o cartão amarelo) me tira do próximo jogo. Preciso de regularidade, um jogador da minha idade precisa estar jogando. Me ajudem nisso, pelo amor de Deus. Preciso de vocês (imprensa), pô", acrescentou.

Apesar de se sentir "perseguido", Felipe Melo se envolveu em discussão com Jean Mota na parte final do segundo tempo, recebendo o amarelo aos 38 minutos. No lance, ele parecia nervoso e apontou o dedo para o meia santista.

O motivo da revolta do camisa 30 pode ser um pisão de Jean Mota na mão de Melo. O volante tentou agarrar a bola, retardando o reinício do jogo, e viu o rival acertar seu corpo.

O Palmeiras dominou o Santos, impôs muita intensidade e goleou por 4 a 0. Com a vitória, os comandados de Felipão se tornaram líderes isolados do Campeonato Brasileiro, com 13 pontos. O Atlético-MG, que bateu o Flamengo em casa, vem na sequência com 12.