Topo

Brasileirão - 2019


Fortaleza segura Chape, vence a 1ª fora de casa e sobe na tabela

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-05-19T17:54:16

19/05/2019 17h54

O Fortaleza ganhou a segunda no Campeonato Brasileiro, a primeira fora de casa. Atuando como visitante na Arena Condá, em Chapecó (SC), na tarde de hoje (19), a equipe de Rogério Ceni aproveitou os espaços, foi precisa nos contra-ataques e segurou a Chapecoense para vencer por 3 a 1. A partida foi válida pela quinta rodada da competição.

Com a vitória, o Leão do Pici chega a seis pontos e sobe para a 13ª posição na tabela. Já a Chape desperdiça a chance de somar pontos em casa e fica com apenas três, na 15ª colocação.

Cronologia do jogo

Rildo abriu o placar aos 12 minutos do primeiro tempo, nas costas do zagueiro Quintero, após passe na medida de Everaldo. Também em cruzamento por trás da zaga veio o empate do Fortaleza, com Marcinho, aos 38 minutos. Na etapa final, os visitantes foram cirúrgicos: marcaram com Marcinho e Osvaldo, aos 18 e 19 minutos, respectivamente, e liquidaram o placar.

O melhor: Marcinho, com dois gols e uma assistência

O camisa 17 do Fortaleza brilhou neste domingo. Além de aparecer nas costas da zaga e empatar a partida em um momento crucial, demonstrou talento para dominar um longo lançamento e tocar por cima de Tiepo, ainda que desequilibrado. Inspirado, foi dele o passe para Osvaldo anotar o terceiro.

O pior: Caique Sá leva amarelo e bola nas costas

O lateral da Chape não teve jornada feliz. Recebeu cartão amarelo, tomou bola nas costas no segundo gol de Marcinho e acabou substituído. Bryan entrou em seu lugar aos 22 minutos da etapa final.

Wellington Paulista vai bem contra ex-clube

Wellington Paulista é um dos símbolos da reconstrução da Chape depois do acidente aéreo de 2016. Hoje defendendo as cores do adversário, o capitão Tricolor foi bem. Além de participar na marcação, deu um bonito passe para Marcinho empurrar para as redes. Pouco antes, ele havia derrubado Rildo no meio-campo e recebido o cartão amarelo. No lance, reclamou bastante com o árbitro Thiago Duarte Peixoto.

Atuação da Chape: perigo em jogadas individuais

Dá para falar que as principais jogadas de perigo da equipe de Ney Franco foram construídas em lances individuais. O gol anotado por Rildo, por exemplo, contou com lindo passe de Everaldo. O camisa 77, por sinal, assustou em jogada de velocidade: ele arrancou e chutou de esquerda, mas parou em Felipe Alves. Pelo lado direito, Augusto teve uma chance. O volante driblou a marcação e mandou uma bomba cruzada, novamente defendida pelo goleiro do Leão.

No começo da etapa final, foi a vez de Arthur Gomes. O atacante partiu em velocidade, livrou-se de dois marcadores de uma vez e carimbou a trave.

Atuação do Fortaleza: paciência sem bola e contra-ataques

O Leão do Pici foi com uma proposta bem definida para Chapecó: marcar do meio-campo, com paciência, e atacar nos contra-ataques. Deu certo. Foi em lances de velocidade que o time tricolor levou maior perigo e fechou a conta. No primeiro tento, a situação era diferente. Atrás do placar, o Fortaleza roubou bola na intermediária e definiu a jogada de forma rápida.

Ceni mexe ainda no 1º tempo

Rogério Ceni mexeu no time ainda no primeiro tempo por opção técnica. Aos 35 minutos, o comandante sacou Júnior Santos e colocou Romarinho em campo. Por sorte, ou não, o gol de empate saiu três minutos depois, com Marcinho. A jogada, no entanto, não teve participação efetiva do camisa 20, que havia acabado de entrar no jogo.

Filho de ex-goleiro Danilo entra em campo com Tiepo

Reprodução/Premiere
Imagem: Reprodução/Premiere

Lorenzo, filho do ex-goleiro Danilo, uma das vítimas do acidente aéreo que atingiu a delegação da Chape, entrou em campo de mãos dadas com Tiepo, atual goleiro do clube catarinense. O garoto, inclusive, já havia tido um encontro especial no fim de semana: ele visitou Rogério Ceni no último treino do Leão antes da partida.

Ficha técnica

Chapecoense 1 x 3 Fortaleza

Data: 19/05/2019
Local: Arena Condá, Chapecó (BRA)
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Daniel Luis Marques
Cartões amarelos: Caique Sá (Chapecoense); Wellington Paulista (Fortaleza)

Gols: Rildo, aos 12', e Marcinho, aos 38 minutos do primeiro tempo; Marcinho, aos 18', e Osvaldo, aos 19 minutos do segundo tempo

Chapecoense: Tiepo; Caique Sá (Bryan), Gum, Rafael Pereira e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo e Augusto (Lourency); Rildo, Everaldo e Regis (Arthur Gomes). Técnico: Ney Franco.

Fortaleza: Felipe Alves; Gabriel Dias, Quintero, Roger Carvalho e Carlinhos; Felipe, Juninho, Edinho (Osvaldo) e Marcinho (Marlon); Wellington Paulista e Júnior Santos (Romarinho). Técnico: Rogério Ceni.