Topo

Como reencontro com o Juventude ganhou novo papel na vida do Grêmio

Grêmio venceu apenas dois dos últimos oito jogos que disputou e estreia na Copa do Brasil sob pressão - Lucas Uebel/Grêmio
Grêmio venceu apenas dois dos últimos oito jogos que disputou e estreia na Copa do Brasil sob pressão Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

21/05/2019 04h00

O reencontro com o Juventude, nas oitavas de final da Copa do Brasil, ganhou outra conotação na agenda do Grêmio. Sem vitória nas cinco rodadas iniciais do Campeonato Brasileiro, o time gremista precisa ganhar ânimo e aplacar as críticas. A partida de quarta-feira (22), em Caxias do Sul, tem esse caráter.

No Brasileirão, o Grêmio tem apenas dois pontos conquistados em 15 disputados.

Pior do que isso: nos últimos 30 dias, o time gaúcho venceu apenas duas das oito partidas que disputou (ganhou de Libertad-PAR e Universidad Católica-CHI, na Libertadores, pelo mesmo placar: 2 a 0).

Além de construir um bom resultado pensando no jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil, o duelo traz como necessidade principal encerrar o jejum de vitórias. Internamente, o Grêmio trata o jogo no estádio Alfredo Jaconi como um possível marco de recuperação no ano.

A atuação diante do Ceará não agradou comissão técnica e diretoria.

A leitura do Grêmio é que, ao contrário dos jogos com Santos e Fluminense, o time não mostrou bom futebol. O rendimento deixou de ser inverso ao resultado e o nível de alerta também mudou.

Em um primeiro momento, nem sequer os desfalques foram lembrados no bate-papo interno como atenuantes para a apresentação ruim no estádio Castelão.

"A gente precisa voltar a vencer. Daqui a pouco vai acontecer, lógico que a gente precisa reagir", disse Renato Gaúcho ao falar do Campeonato Brasileiro.

Grêmio e Juventude já se enfrentaram três vezes em 2019. O time de Renato Gaúcho não perdeu nenhuma e sequer levou gol. Na primeira fase do Gauchão, em Porto Alegre, aplicou 3 a 0. Nas quartas de final, em Caxias do Sul, fez 6 a 0 em resultado inédito na história do duelo. A segunda partida da etapa mata-mata foi para cumprir tabela e acabou sem gols.

Errata: o texto foi atualizado
Diferente do informado anteriormente nesta notícia, o Grêmio venceu o Libertad na Libertadores, e não o Olimpia.
ESPN, Ei PLus e Fox Sports

Assista aos jogos e programas de ESPN, EI Plus e Fox Sports sem TV a cabo.