Topo

Esporte


Xavi diz que não é hora de voltar ao Barça: "Preciso de base, experiência"

Denis Doyle/Getty Images
Xavi Hernández é disparado o jogador que mais vestiu a camisa do Barcelona, com 767 jogos Imagem: Denis Doyle/Getty Images

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-05-21T15:04:01

21/05/2019 15h04

Xavi Hernández, agora treinador, afirmou que ainda não é momento de voltar ao Barcelona. Em entrevista ao jornal catalão Sport, o ex-jogador falou sobre os seus próximos passos como comandante técnico.

"Eu sigo tudo que acontece no Barcelona. Eu tentaria ser técnico da melhor maneira possível, mas não é a hora. É assim que me sinto porque começo do zero. Imagine que você comece sua carreira na engenharia e pedem para você fazer os túneis de Vallvidrera (conjunto de túneis que ligam a cidade de Barcelona com a região dos Vallès Occidental). É a mesma coisa, não pode ser assim", afirmou Xavi.

Ontem, Xavi encerrou sua carreira como jogador na derrota do Al Sadd por 2 a 0 para o Persepolis, do Irã. O jogo foi válido pela Liga dos Campeões asiática. A equipe iraniana prestou homenagens ao jogador espanhol.

O ex-jogador revelou que o Qatar quer sua permanência até o final da Copa do Mundo de 2022, na qual o país do Oriente Médio é sede e já tem vaga garantida. Porém, mesmo ficando no país, ele reafirma que seu principal objetivo como técnico é chegar ao Barcelona.

"Qatar quer que eu fique aqui até o fim do Mundial (Copa do Mundo de 2022), que eu os ajude da melhor maneira possível. Veremos como estou preparado, mas também dependerá de como me veem no Barça. Veremos. Não escondo que meu objetivo é o Barcelona. Acredito que posso me sair bem como treinador, porque tive ótimos professores", garante o espanhol.

Com a camisa do Barcelona, Xavi conquistou quatro Liga dos Campeões, além de diversos outros títulos, e, atualmente, é o jogador com mais partidas na história da equipe azul e grená com 767 aparições.

Mais Esporte