Topo

Seleção Brasileira


David Neres dá "dica" a Tite para poder jogar ao lado de Richarlison

Lucas Figueiredo/CBF
David Neres e Richarlison jogaram juntos em seleções de base e querem repetir parceria Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Do UOL, em São Paulo

2019-05-24T14:46:58

24/05/2019 14h46

A sexta-feira foi reservada para três entrevistas coletivas na Granja Comary, em Teresópolis. E depois de Ederson confirmar que será o goleiro titular no amistoso do dia 5 de junho contra o Qatar, foi a vez de David Neres tentar arrumar espaço para começar jogando na seleção brasileira. O atacante do Ajax, da Holanda, deu até uma "dica" para o técnico Tite escalá-lo ao lado de Richarlison, outro que atendeu a imprensa na tarde de hoje e também candidato a jogar pela ponta direita.

"Jogam os dois, um entra no segundo tempo, a gente reveza, não sei. É uma disputa boa, bacana. Somos amigos, e independente de quem jogar, vamos tentar dar o máximo para ajudar a equipe. Nós podemos não disputar a mesma vaga, ele pode ficar de centroavante, e aí ficaria a vaga sozinho para mim (risos). Ele é um jogador mais forte, de bom cabeceio. Acho que tenho mais velocidade, de característica diferente, sou canhoto. Acho que pode ser um diferencial ser o único canhoto do ataque", destacou.

Antes de serem convocados para a Copa América, Richarlison e Neres já atuaram juntos por seleções de base. Em 2017, por exemplo, disputaram o Sul-Americano Sub-20. Meses antes, Neres estreava como profissional do São Paulo em jogo contra o Fluminense de Richarlison e levava a melhor por 2 a 1. O atacante do Everton, da Inglaterra, relembrou a virada são-paulina com bom desempenho do amigo e as experiências na seleção sub-20.

"Lembro do jogo que começamos ganhando, o Rodrigo Caio fez gol de cabeça e eles viraram o jogo. O Neres entrou pela direita bagunçando tudo, eles estavam brigando para não cair. Acho que conheço o Neres há muito tempo e vai se dar bem conosco. Quando a gente reunia a seleção sub-20, todos falavam que queriam chegar na principal. Hoje tem eu, Neres e Paquetá aí. Era o sonho de cada um", exaltou Richarlison.

Desde a Copa do Mundo de 2018, Tite tem em Richarlison um de seus pontos de desequilíbrio para o Brasil. O atacante integrou todas as convocações desde então, jogou todas as oito partidas até aqui e marcou três gols, dividindo a artilharia pós-Rússia com Neymar e Gabriel Jesus. Já Neres foi usado somente uma vez, na vitória brasileira por 3 a 1 de virada sobre a República Tcheca, e participou bem com uma assistência e a criação da jogada do terceiro gol.

Além dos dois, Tite convocou outros quatro atacantes para a seleção: Neymar, Everton, Gabriel Jesus e Roberto Firmino.

Mais Seleção Brasileira