Topo

Seleção Brasileira


Ederson será titular no primeiro amistoso do Brasil antes da Copa América

Lucas Figueiredo/CBF
Goleiro do Manchester City foi um dos primeiros a chegar aos treinos da Granja Comary, em Teresópolis Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Do UOL, em São Paulo

2019-05-24T13:48:56

24/05/2019 13h48

Ontem, o auxiliar técnico Cleber Xavier avisou que a seleção brasileira já tem um time titular programado para a Copa América. Hoje, foi a vez do goleiro Ederson dar uma pista sobre a escalação canarinho. Em entrevista coletiva na Granja Comary, o arqueiro do Manchester City, da Inglaterra, avisou que começará jogando o amistoso do dia 5 de junho, contra o Qatar, em Brasília.

"O Tite já confirmou que vou jogar o próximo amistoso, pelo Alisson estar na final da Liga dos Campeões. Espero continuar o bom trabalho que estou apresentando. Estou confiante, confortável e feliz. Não sei se tenho vantagem por começar jogando. O Alisson também está em uma final importante. Se o professor continuar optando por mim, tenho que corresponder à altura. É uma briga sadia. Temos que respeitar as escolhas", afirmou.

Alisson joga pelo Liverpool a final da Champions no dia 1º de junho, contra o Tottenham, e só depois se apresenta à seleção na Grana Comary, em Teresópolis. Já Cássio, terceiro goleiro convocado por Tite, tem chegada prevista para o dia 6 de junho. No dia 9, em Porto Alegre, o Brasil enfrenta Honduras em novo amistoso. A estreia na Copa América será dia 14, no Morumbi, contra a Bolívia.

O duelo entre Ederson e Alisson não se resume apenas à busca pela vaga de titular do Brasil na Copa América. Os dois foram os melhores goleiros do Campeonato Inglês, torneio decidido somente na última rodada e com vantagem para o Manchester City por apenas um ponto.

"Foi uma temporada muito difícil e disputada com o Liverpool, que fez uma ótima campanha na Premier League. Mas nossa equipe fez uma campanha excelente e ganhou a tríplice coroa (além do Inglês, venceu a Copa da Inglaterra e a Copa da Liga), algo que nunca tinha acontecido no futebol masculino da Inglaterra e dificilmente será repetido", exaltou.

Mais Seleção Brasileira