Topo

Júlio Baptista lembra briga de Robinho no Real: 'Gravesen queria matar ele'

AP Photo/Diario AS, Felipe Sevillano
Imagem: AP Photo/Diario AS, Felipe Sevillano

Do UOL, em São Paulo

24/05/2019 19h20

Júlio Baptista defendeu o Real Madrid entre 2005 e 2008, com uma passagem por empréstimo pelo Arsenal na temporada 2006/2007. E durante seu período no clube da capital espanhola, um episódio foi especificamente marcante: a briga entre Robinho e Thomas Gravesen.

Os dois se desentenderam em agosto de 2006, durante a pré-temporada do Real na Áustria. Na ocasião, a temperatura subiu entre o brasileiro e o dinamarquês, fazendo com que boa parte do time tivesse que trabalhar para apartar a briga.

Hoje, em entrevista à rádio espanhola Cadena SER, o agora aposentado Júlio Baptista se lembrou do incidente.

"Foi engraçado. Cara, imagine Gravesen, que estava um pouco louco, aí Robinho dá uma pedalada... Gravesen deu então como um grunhido, e ele logo dá outra, aí o Gravesen acerta uma porrada nele. Robinho então olha, dá um soco no peito dele e logo começa a confusão", descreveu.

"Gravesen queria matar ele, e (o técnico Fabio) Capello expulsou os dois do treinamento. Robinho para o vestiário, mas Gravesen me olhava e me dizia: 'vou matar ele, vou matar ele'", completou.

No final daquele mesmo mês, Gravesen foi negociado com o Celtic. Robinho, por sua vez, deixou o Real em 2008, quando acertou com o Manchester City.

Mais Real Madrid