Topo

Esporte


Liverpool foi 'golpe muito duro', diz Messi antes de final da Copa do Rei

Phil Noble/Reuters
Nas semifinais da Champions, Barcelona venceu a ida por 3 a 0, mas perdeu a volta por 4 a 0 Imagem: Phil Noble/Reuters

Do UOL, em São Paulo

2019-05-24T13:10:35

24/05/2019 13h10

O Barcelona enfrentará o Valencia amanhã, na final da Copa do Rei 2018/2019. No entanto, no clube catalão, a eliminação frente ao Liverpool nas semifinais da Liga dos Campeões da Europa 2018/2019 ainda não é um episódio superado.

Em entrevista coletiva realizada hoje, Lionel Messi reconheceu que a derrota por 4 a 0 em Anfield Road foi "um golpe muito duro". Na partida de ida, no Camp Nou, o Barça havia vencido por 3 a 0.

"A verdade é que foi um golpe muito duro em mim e no vestiário da equipe. Custamos a levantar. Foi o que se viu nas partidas seguintes. O golpe foi duríssimo, mas agora estamos em uma final, podemos conquistar o segundo título da temporada e acabar o ano dentro do possível", disse Messi, em referência à conquista do Campeonato Espanhol.

As circunstâncias da eliminação do Barça na Champions foram semelhantes às da queda na temporada 2017/2018 do torneio. Na ocasião, o time espanhol venceu a Roma por 4 a 1 no jogo de ida em casa das quartas de final, mas perdeu a volta por 3 a 0 e viu o rival italiano avançar graças ao gol marcado fora de casa.

"A verdade é que não parei para repassar a partida (contra o Liverpool), mas me lembro que foi muito parecido ao que aconteceu contra a Roma. Entramos, e rapidamente eles fizeram um gol; aí, entra na sua cabeça que não pode acontecer de novo. Reagimos no primeiro tempo, que não foi de todo ruim, mas no segundo houve apenas um time, independente de falhas ou erros. Não nos perdoamos por não termos competido. Eles passaram por cima de nós", analisou o camisa 10. Na partida em Anfield Road, o Liverpool foi para o intervalo vencendo por 1 a 0, mas marcou três vezes na etapa final.

Para Messi, embora a eliminação na Liga dos Campeões tenha sido pesada nas circunstâncias em que aconteceram, ainda não foi pior do que uma derrota em uma final de Copa do Mundo. O camisa 10 teve a chance de levantar a taça do Mundial em 2014, mas a Argentina perdeu a final para a Alemanha por 1 a 0. E o próprio Messi deixou isso claro.

"É diferente. Perder uma final de Copa do Mundo é o mais importante, uma decepção muito grande. Mas contra o Liverpool, trazíamos uma vantagem de 3 a 0. São dois golpes muito grandes", afirmou.

Final da Copa do Rei

Embora podendo fechar a temporada com dois títulos, o técnico Ernesto Valverde se vê em meio a rumores de que pode deixar o Barcelona, justamente em decorrência da queda na Liga dos Campeões. Messi, porém, defende a permanência do técnico no clube.

"Eu gostaria que Valverde ficasse. Você pode gostar ou não, mas tivemos dois títulos no ano passado (Campeonato Espanhol e Copa do Rei), ainda que manchados pela eliminação europeia, e este ano podemos ter de novo dois títulos", disse o astro argentino.

Agora, a prioridade do clube é a decisão da Copa do Rei. O Barça enfrentará o Valencia no estádio Benito Villamarín, em Sevilha, e busca tranquilidade para não voltar a errar como errou diante do Liverpool.

"É preciso dar a ela a importância que tem. É mais um título", disse Messi. "Não creio que não podemos voltar a cometer este erro. Em vontade e atitude, ninguém deveria ganhar de nós. Competiremos como foi em toda a temporada, tirando o jogo contra o Liverpool."

Mais Esporte