Topo

Futebol


Ele tem só 22 anos e já ganhou 8 ligas nacionais por PSG, Juventus e Bayern

TF-Images/Getty Images
Kingsley Coman toma cerveja após a conquista do Campeonato Alemão com o Bayern de Munique Imagem: TF-Images/Getty Images

Rodrigo Garcia

Do UOL, em São Paulo

2019-05-25T04:00:00

25/05/2019 04h00

No mundo do futebol, muitos atletas talentosos despontam cada vez mais cedo nos gramados. Não faltam exemplos de jovens que começaram sua carreira aos 16 anos, quando ainda sequer haviam acabado os estudos. Contudo, poucos acumulam tantos títulos quanto o francês Kingsley Coman.

O atacante francês de 22 anos poderá estar em campo hoje (25) em busca de mais um troféu pelo Bayern de Munique. O clube alemão disputa às 15h (de Brasília) a final da Copa da Alemanha contra o Red Bull Leipzig para buscar seu segundo título na temporada. Neste mês, os bávaros confirmaram a conquista de mais uma edição do Campeonato Alemão, o sétimo consecutivo em sua história. E o atacante francês esteve em quatro dessas conquistas.

Mas vamos voltar um pouco no tempo para mostrar como a carreira de Coman é privilegiada. Ele pode ter apenas 22 anos, mas ao todo já soma 16 títulos na carreira. O atacante foi formado nas divisões de base do Paris Saint-Germain e estreou na equipe na temporada 2012/2013.

Da base ao profissional no PSG

Dean Mouhtaropoulos/Getty Images
Coman é o jogador mais jovem a vestir a camisa do PSG Imagem: Dean Mouhtaropoulos/Getty Images

Foi justamente nesse ciclo que começou a hegemonia do clube da capital francesa. Com a entrada do grupo Qatar Sports Investments em 2011, o clube passou a investir forte em seu elenco e trouxe para a temporada 2012/2013 nomes como Thiago Silva, David Beckham, Lucas Moura, Lavezzi e Ibrahimovic. Em meio aos craques, chegou um vindo da base.

Nesta temporada, o atacante fez sua estreia pelo PSG, naquela que foi sua única partida no ano: ele entrou na vaga de Verratti em jogo contra o Sochaux e tornou-se o atleta mais novo a vestir a camisa do clube, com 16 anos, oito meses e quatro dias. Além do feito, o jogo serviu para que ele colocasse no currículo o título de campeão francês.

Na temporada 2013/2014, Coman continuou no elenco, mas seguiu com pouco espaço, já que o uruguaio Cavani chegara para o setor ofensivo. Foram apenas seis jogos, mas coloque aí na conta mais um título do Campeonato Francês para o atacante.

Bicampeão na Juventus

Valerio Pennicino/Getty Images
Coman foi bicampeão italiano com a camisa da Juventus Imagem: Valerio Pennicino/Getty Images

Sem muitas oportunidades no clube francês, o jovem partiu em busca de um novo desafio: acertou um contrato de cinco temporadas com a Juventus. Aos 19 anos, Coman chegou como opção para um ataque que contava com nomes como Carlos Tevez, Álvaro Morata e Sebastian Giovinco.

Em seu primeiro ano ele teve a chance de vencer o título da Liga dos Campeões, mas acabou batendo na trave ao ver seu time sair derrotado de campo por 3 a 1 para o Barcelona. Contudo, a Juventus conquistou o Campeonato Italiano, e Coman chegou ao seu terceiro título nacional em três anos como profissional.

Na temporada 2015/2016, Coman viu a concorrência no ataque aumentar após a chegada de Paulo Dybala, que havia se destacado com a camisa do Palermo. Então, o francês recebeu uma proposta que viu com bons olhos: mudar-se para Alemanha para defender o Bayern de Munique. No final desta temporada, a Juventus conquistaria mais um título do Italiano, que também entrou no currículo do francês, já que ele entrou em campo no início da temporada.

Tetracampeão na Alemanha

Adam Pretty/Getty Images
Coman já conquistou quatro títulos do Campeonato Alemão pelo Bayern de Munique Imagem: Adam Pretty/Getty Images

Foi com a camisa do Bayern que Coman começou a se firmar no futebol mundial. O atacante foi ganhando espaço no elenco e, em seu primeiro ano, venceu o Campeonato Alemão, ainda como opção entre os suplentes. Ainda na temporada 2015/2016, o atacante terminou como líder de assistências da Liga dos Campeões da Europa, com seis, uma à frente de Neymar e Alexis Sánchez.

De lá para cá, o atacante já acumulou mais três títulos da liga nacional alemã. Ele desponta como favorito para ficar com a vaga do compatriota Franck Ribery, que deixou o Bayern após 12 temporadas. Para isso, Coman precisa superar as lesões que o castigaram nas últimas temporadas e impediram uma sequência mais longa como titular.

Copas também estão em seu currículo

Simon Hofmann/Bundesliga/DFL via Getty Images)
Coman posa ao lado de jogadores do Bayern com troféu da Supercopa da Alemanha Imagem: Simon Hofmann/Bundesliga/DFL via Getty Images)

Além dos títulos que o atacante conquistou de ligas nacionais, ele também venceu torneios mata-mata por onde passou. Coman venceu o "Troféu dos Campeões" pelo PSG, que é o torneio disputado entre o vencedor do Campeonato Francês e o vencedor da Copa da França, e também a Taça da Liga Francesa. Na Juventus, o francês faturou a Copa Itália 2014/2015 e a Supercopa da Itália, em 2015. Já pelo Bayern, o jovem levou a Copa da Alemanha 2015/2016 e ainda é tricampeão da Supercopa da Alemanha.

Mais Futebol