Topo

Fluminense encara Bahia visando topo da lista de times goleadores do ano

Comemorar gols, nesta temporada, tem sido cena constante para time e torcida do Fluminense - Pedro H. Tesch/AGIF
Comemorar gols, nesta temporada, tem sido cena constante para time e torcida do Fluminense Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Alexandre Araújo

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

26/05/2019 04h00

Certa vez, o técnico Carlos Alberto Parreira disse que o gol seria apenas um detalhe no futebol. O Fluminense, porém, entra em campo hoje (26), diante do Bahia, na Fonte Nova, em uma tentativa de fazer deste detalhe um ponto de protagonismo na temporada. Isso porque, o duelo de tricolores coloca frente a frente os dois times da Série A do Brasileiro que mais balançaram a rede, com vantagem para a equipe baiana.

Depois de duas goleadas por 4 a 1 consecutivas - sobre o Cruzeiro, na última rodada, e Atlético Nacional, da Colômbia, pela Sul-Americana -, o Fluminense chegou a 55 gols na temporada, atrás apenas do Bahia, que tem 58. Foram 26 gols no Carioca, 13 na Copa do Brasil, seis na Sul-Americana e 10 no Brasileiro, sendo o segundo melhor ataque da competição, atrás do Palmeiras, com 12.

Além dos bons números, o técnico Fernando Diniz ainda vive a famosa "dor de cabeça boa" no setor. Há a expectativa pelo retorno do atacante Pedro, recuperado de dores na perna esquerda, enquanto o jovem João Pedro marcou seis vezes nos últimos três jogos.

Para Fernando Diniz, o Fluminense está atravessando o auge em 2019 e aponta o equilíbrio entre os setores do time como ponto fundamental para isso.

"O Fluminense vive o melhor momento da temporada. O equilíbrio defensivo se dá por ajuste tático e não por ter um jogador de marcação. O time tem consciência que tem de atacar e marcar. Atacar marcando. Se descuidar com o time leve que temos, não teremos chances de recuperação. Um descuido gera contragolpe perigoso", disse, após a vitória sobre o Atlético Nacional.

O Tricolor carioca, por sua vez, tem de estar atento ao setor defensivo, uma vez que o Bahia é o time da Série A com mais gols neste ano.

"Temos de evoluir. Levamos um gol bobo, que não pode. Não podemos dar essas chances aos adversários", apontou Ganso, também depois do triunfo da última quinta-feira.

Partidas e chegadas

Recentemente, o Fluminense perdeu um dos jogadores que vinha sendo destaque no ataque: Everaldo, que se transferiu para o Corinthians. Além dele, o meia-atacante Calazans, que foi para o São Paulo. Por outro lado, novos nomes chegaram, sendo o mais recente o jovem Brenner, anunciado ontem. Além dele, Kelvin e Guilherme também chegaram há pouco às Laranjeiras.

Ficha técnica
Bahia x Fluminense


Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 26 de maio de 2019 (domingo)
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)

BAHIA
Douglas, Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore, Elton e Douglas Augusto; Artur, Élber; Gilberto.
Técnico: Roger Machado

FLUMINENSE
Agenor; Gilberto, Matheus Ferraz, Nino e Caio Henrique; Dodi, Daniel e Paulo Henrique Ganso; Yony González, Pedro (Guilherme) e João Pedro
Técnico: Fernando Diniz