Topo

Brasileirão - 2019


Fortaleza empata no fim e Vasco segue sem vencer no Brasileirão

Do UOL, em São Paulo

26/05/2019 20h55

Fortaleza e Vasco ficaram no 1 a 1, na noite de hoje (26), no Castelão. No confronto válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, os cariocas saíram na frente com Pikachu, mas, aos 43 minutos do segundo tempo, o Tricolor de Aço empatou com Romarinho.

O resultado é ruim para os dois times. Agora, os cearenses contabilizam 7 pontos, ocupando a 13ª colocação. Já o Cruzmaltino segue sem vencer no torneio e permanece na lanterna, com apenas 3 pontos.

Pelo Brasileirão, o Fortaleza volta a campo no próximo sábado (1), quando visita o Flamengo. Antes disso, na quarta-feira, o time tem o segundo jogo da final da Copa do Nordeste contra o Botafogo-PB. Já o Vasco terá a semana livre para se concentrar no clássico de domingo (2) com o Botafogo, no Engenhão, pelo nacional.

O melhor: Rossi incomoda e sofre pênalti

Posicionado pelo lado direito do ataque, Rossi não deu paz ao lateral Carlinhos. Por ali, o jogador do Vasco fez jogadas em velocidade e serviu como válvula de escape para os contragolpes dos visitantes. Aproveitando batida de escanteio, o atacante quase marcou belo gol em tentativa de voleio. No segundo tempo, sofreu o pênalti convertido por Pikachu.

O pior: Nathan comete erro crucial

O zagueiro do Fortaleza cometeu um erro imperdoável ao tentar recuar para Felipe Alves, mas deixar Rossi na boa para marcar. O goleiro dos nordestinos até tentou evitar o pior, mas cometeu a infração que gerou o gol do adversário.

Cronologia do jogo

A partida no Castelão começou morna devido ao alto número de passes errados. Aos poucos, no entanto, o embate ficou mais aberto, mas com Fortaleza e Vasco falhando nas conclusões ao gol. No segundo tempo, o equilíbrio persistiu, com ambas equipes acertando o travessão. Pikachu, de pênalti, abriu o placar, mas após insistência dos mandantes, Romarinho deixou tudo igual.

Atuação do Fortaleza: time aposta em lançamentos para a área

Mais presente no ataque, o Tricolor de Aço tentou furar o paredão formado pelo adversário através de lançamentos. Desta forma, Kieza e Júnior Santos, acertando o travessão, tiveram oportunidades. Atrás, a equipe sofreu com algumas jogadas em velocidade dos cariocas. No segundo tempo, após sair atrás, o time buscou a igualdade com as modificações feitas por Rogério Ceni. Romarinho, em chute de fora da área, fez com que o resultado ficasse menor pior para o Fortaleza.

Atuação do Vasco: compactado atrás e esperando os contragolpes

Com três volantes, o Vasco se retraiu e dificultou a vida do adversário com linhas bem compactadas quando esteve sem a bola. No ataque, o time passou a produzir através de jogadas pelo seu lado direito, principalmente com Rossi. No primeiro tempo, o time teve duas belas oportunidades, ambas desperdiçadas por Lucas Mineiro. No segundo, justamente com Rossi, o time conseguiu o tento que tanta almejava, mas não conseguiu suportar a pressão do adversário.

Lucas Mineiro tem sequência terrível

Em questão de quatro minutos, Lucas Mineiro cometeu três deslizes graves. Primeiro, ficou pendurado após cometer falta em Edinho. Na sequência, o volante ficou em boa condição de marcar após jogada de Marrony, mas pegou muito mal na bola e isolou. No minuto seguinte, ele roubou a bola no ataque e avançou em direção a área, mas foi desarmado no momento do chute.

Volta do intervalo é agitada com bolas no travessão

Se o começo da partida foi moroso e pragmático, o retorno do intervalo voltou emocionante. Aos 4, Júnior Santos cabeceou em cheio o travessão de Sidão após batida de tiro de canto. Oito minutos depois, o Vasco respondeu na mesma moeda: Werley testou firme, mas viu Felipe Alves espalmar no reflexo antes de a bola pegar no poste.

Yago Pikachu converte pênalti e desencanta

Colocado para exercer a função de lateral com Luxemburgo, Yago Pikachu enfim marcou no Campeonato Brasileiro. Aos 23, Nathan errou recuo para Felipe Alves, entregando para Rossi. O atacante saiu livre, tentou driblar o goleiro e foi derrubado na área. Na cobrança, Pikachu acertou o canto direito, indefensável para o goleiro.

Romarinho empata no fim

Aos 43, Romarinho recebeu de Osvaldo na meia-lua, ajeitou e encheu o pé para acertar o canto de Sião, que na pôde fazer. O gol foi tramado por jogadores que vieram do banco de reservas.

Sem Maxi López, Luxa promove estreia e aposta em ataque veloz

Precisando lidar com o imbróglio envolvendo Maxi López, que pediu para sair após não ser relacionado, e ainda estudando a melhor formação para o time Cruzmaltino, Vanderlei Luxemburgo optou por uma escalação com três volantes, promovendo a estreia de Marcos Junior. No setor ofensivo, sem contar com o centroavante argentino, o treinador apostou em atacante velozes, com Marrony sendo o jogador mais centralizado.

Lateral do Fortaleza recebe placa

Antes do apito inicial, o lateral direito Tinga recebeu uma placa por completar 100 jogos oficiais pelo clube nordestino. A marca foi atingida na última partida, diante do Botafogo-PB, pela final da Copa do Nordeste.

FICHA TÉCNICA

Fortaleza 1x1 Vasco

Data: 26 de maio de 2019

Horário: 19h (de Brasília)

Local: Castelão, em Fortaleza (Ceará)

Árbitro: Anderson Daronco

Assistentes: Leirson Peng Martins e Michael Stanislau

Gols: Yago Pikachu, aos 25 do segundo tempo; Romarinho, aos 43 do segundo tempo

Cartões amarelos: Romarinho (Fortaleza) e Lucas Mineiro (Vasco)

Fortaleza: Felipe Alves; Gabriel Dias, Quintero, Nathan (Dodô) e Carlinhos; Felipe e Juninho; Edinho, Júnior Santos (Romarinho), Kieza e Marcinho (Osvaldo). Técnico: Rogério Ceni.

Vasco: Sidão; Yago Pikachu, Werley, Ricardo e Danilo Barcelos; Lucas Mineiro, Raul e Marcos Júnior (Andrey); Marrony, Rossi (Tiago Reis) e Yan Sasse (Valdívia). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.